29/12/2017

Melhores livros que li esse ano

| | 15 comentários

Oi pessoal tudo bem com vocês? 2018 já está chegando e como este já é o penúltimo post do ano, resolvi trazer para vocês uma listinha dos melhores livros que li esse ano. Não foi uma lista difícil de se fazer pra mim, porque esse ano tive muitas leituras que ou foram boas demais, ou foram péssimas. Mas também teve aqueles que me deixaram suspirando durante dias, e esses foram os que eu escolhi trazer para vocês!

26/12/2017

[Resenha] Dezesseis - Rachel Vincent

| | 17 comentários


Titulo: Dezesseis

Autor(a): Rachel Vincent
Ano: 2017
Páginas: 240
Editora: Universo dos livros
Gênero: Distopia
Adicione: Skoob

Sinopse: Em um mundo em que todos são iguais, uma garota se destaca por sair do padrão. Uma história promissora e de ritmo acelerado, escrita por Rachel Vincent, autora best-seller do The New York Times.

“Nós temos cabelos castanhos. Olhos castanhos. Pele clara. Somos saudáveis, fortes e inteligentes. Mas só uma de nós já teve um segredo.”Dahlia 16 vê seu rosto em toda multidão. Ela não tem nada de especial – é apenas uma entre as outras cinco mil garotas que foram criadas visando o bem da cidade. Ao conhecer Trigger 17, porém, tudo muda. Ele a considera interessante. Linda. Única. Isso significa que ele deve ser defeituoso. Quando Dahlia não consegue parar de pensar nele – nem resistir a procurá-lo, ainda que isso signifique quebrar as regras – ela percebe que deve ser defeituosa também. Mas, se ela for defeituosa, todas as idênticas também são. E qualquer genoma com defeito descoberto deve ser recolhido. Destruído. Ser pega com Trigger não apenas selaria o destino de Dahlia, mas o das cinco mil garotas com o mesmo rosto. No entanto… e se Trigger estiver certo? E se Dahlia for mesmo diferente? Subitamente, a garota que sempre seguiu todas as regras começa a quebrá-las, uma a uma… 


19/12/2017

[Resenha] Suzy e as águas vivas - Ali Benjamin

| | 15 comentários

Titulo: Suzy e as águas-vivas 
Autor(a): Ali Benjamin
Ano: 2016
Editora: Verus
Ano: 2016
Páginas: 223
Gênero: Romance
Sinopse: Às vezes, quando nos sentimos mais solitários, o mundo decide se abrir de formas mágicas.
Suzy Swanson está quase certa do real motivo da morte de Franny Jackson. Todos dizem que não há como ter certeza, que algumas coisas simplesmente acontecem. Mas Suzy sabe que deve haver uma explicação — uma explicação científica — para que Franny tenha se afogado. 
Assombrada pela perda de sua ex-melhor amiga — e pelo momento final e terrível entre elas —, Suzy se refugia no mundo silencioso de sua imaginação. Convencida de que a morte de Franny foi causada pela ferroada de uma água-viva, ela cria um plano para provar a verdade, mesmo que isso signifique viajar ao outro lado do mundo... sozinha. Enquanto se prepara, Suzy descobre coisas surpreendentes sobre o universo — e encontra amor e esperança bem mais perto do que ela imaginava. 
Este romance dolorosamente sensível explora o momento crucial na vida de cada um de nós, quando percebemos pela primeira vez que nem todas as histórias têm final feliz... mas que novas aventuras estão esperando para florescer, às vezes bem à nossa frente.





Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje eu vim falar com vocês sobre Suzy e as águas vivas de Ali Benjamin.

Suzy é uma menina de onze anos que acaba de descobrir que sua melhor amiga morreu afogada. Suzy é uma menina muito esperta e desconfia desde o inicio sobre a morte da amiga, porque ela sabia nadar muito bem e então Suzy, após visitar um aquário, começa a desconfiar que sua amiga pode ter sido morta por conta de uma água viva.

Suzy começa a pesquisar tudo sobre águas vivas, e também procura sozinha por algum especialista que possa ajuda-lá a provar que sua amiga na verdade morreu por conta de uma água viva muito perigosa e que pode matar rapidamente.

Após a morte de sua amiga, Suzy para de falar completamente com todos ao seu redor. Se limitando apenas ao necessário.


“É interessante como não-palavras podem ser melhores do que palavras. O silêncio pode dizer mais do que o barulho, da mesma maneira que a ausência de uma pessoa pode ocupar ainda mais espaço do que sua presença ocupava.” 
Suzy é uma protagonista muito inteligente e me identifiquei com ela em muitos momentos, porque assim como ela, sou uma pessoa muito curiosa e adoro aprender coisas novas e revirar a internet atras de curiosidades que ninguém mais se interessa em saber rs. 

“Talvez, em vez de nos sentirmos como um grão de poeira, possamos lembrar que todas as criaturas nesta Terra são feitas de pó de estrelas. E nós somos as únicas criaturas que sabem disso.”
Apesar do livro ser cheio de curiosidades gostosas de ler, achei que a autora exagerou em alguns pontos se estendendo demais em assuntos que não fizeram diferença alguma para a estória.
Outro ponto que fez com que eu não gostasse tanto da estória é o final, pois achei um pouco frustante. Ainda não sei se esperava mais da Suzy, mas por outro lado entendo que a autora não poderia colocar um feito "fantástico e grande" por se tratar de uma protagonista muito jovem. 

Mas a leitura vale a pena, esse livro é um daqueles que nos faz pensar e consequentemente mudar algo em nós. 

Espero que vocês tenham gostado e me contem se pretendem ler ou se já leram Suzy e as águas vivas!


Até mais!


Adquira o livro 

15/12/2017

Filme vs. Livro "Extraordinário"

| | 25 comentários

Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero que sim. Gente eu sei que estou mega atrasada com esse post, o filme lançou na semana passada, eu assisti no sabado mas confesso pra vocês que a preguiça aqui anda muito, muito grande rs.

08/12/2017

[Resenha] Pantera cor de preto - Alec Raj

| | 29 comentários

Titulo: Pantera cor de preto
Autor: Alec Raj 
Ano: 2017
Páginas: 264 páginas

*Ebook cedido pelo autor para resenha*
Sinopse: É um profissional do sexo do Rio de Janeiro que se recusa a dizer quem ela é, mesmo assim é um preta de suas roupas. Quando como sombras antigos parecem sumir para ela, Andrey Lambertini surge para afirmar que não é passado não merece ser esquecido. O mistério da mulher de preto torna-se o maior negócio para Andrey. Decifrá-la é um desafio desconhecido que abrirá uma porta de um novo desejo: uma submissão. Fugir daquele cujas mãos são como o doce toque de algemas e o que ela gostaria. Lutar, além de ser excitante e muito misterioso, será sua única saída. Ambos descobrindo que a loucura cura e que perigo mora no preto. No preto da escuridão.

Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero sim! Hoje eu vim falar pra vocês sobre um livro incrível que li em parceria com o autor Alec Raj. 
E já vou adiantando que "Pantera cor de preto" foi um livro que me fez sair da minha zona de conforto por vários motivos e um deles é a escrita do autor. 

Sabe aquela escrita leve, muito bem feita, descritiva no ponto certo e que te transporta para dentro do livro?! Pois é! Esta é a escrita que você irá encontrar neste livro, e apesar de ser narrado em terceira pessoa, a leitura fluiu muito bem para mim.

"A mulher de preto não tinha nome, pelo menos ela não dizia. Não tinha família e muito menos aquilo que o pessoal chama de amigos. Tudo nela era negro" 

Mas vamos a estória: Pantera é uma profissional do sexo, muito misteriosa e que faz com que seus clientes sempre fiquem aos seus pés. 

Pantera é uma mulher muito forte, destemina, de garra e que não deixa ninguém passar por cima dela e nem de seus objetivos.

" A mulher de preto gostava do escandaloso, gostava de intensidade. Tudo nela era exagerado e idolatrava aquilo. Seus movimentos eram tão ligeiros e ensaiados quanto os passos de um bandido"

Mas tudo fica confuso quando Andrey aparece na sua vida, fazendo com que Pantera relembre seu passado e lute com todas as suas forças para manter seus mistérios, e seu passado para trás. 

Andrey fica louco por Pantera, a moça de preto pelo qual ninguém sabe nem o nome. Pantera é uma mulher muito misteriosa que deixa Andrey cada vez mais curioso e louco para desvendar seus mistérios.

"Todos temos um cofre dentro de nós cuja a chave vive perdida em algum lugar "
Então é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado do post e até mais!!

Adquira o Ebook:

28/11/2017

[Resenha] Fortaleza Impossível - Jason Rekulak

| | 22 comentários

Titulo Original: The Impossible Fortress
Autor: Jason RekuLak
Numero de Páginas: 272
Ano de publicação: 2017
Gênero: Romance
Editora: Arqueiro
Sinopse: “Uma declaração de amor aos anos 1980.” – David Ebershoff, autor de A garota dinamarquesa.
“Misto de história de amor, começo da adolescência e filme de ação, Fortaleza Impossível é um romance inteligente sobre amizade, sofrimento e computadores.” – Ben H. Winters, ganhador do Prêmio Edgar e autor da trilogia O último policial.
Um trio de garotos esquisitos e uma nerd brilhante que esconde um grande segredo.
Um inesperado romance que nasce em meio a computadores e disquetes.

Um ousado e perigoso assalto para roubar a edição de maio de 1987 da revista Playboy, com imagens escandalosas de uma famosa apresentadora de TV.

Todos esses elementos se unem para compor Fortaleza Impossível, um romance que fará você rir, se emocionar e recordar a maravilhosa sensação de se apaixonar por algo – ou alguém – pela primeira vez. (Editora Arqueiro)

24/11/2017

[Tag] Sete Pecados literários

| | 3 comentários
foto: Tumblr 
Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje eu vim responder mais uma tag aqui no blog. Eu vi essa tag no blog Palácio de Livros e decidi responder aqui também.
Não irei marcar ninguém para responder também, mas se você quiser responder fica a vontade e me avisa nos comentários para mim ir lá visitar seu cantinho e ver suas respostas ok?

1- Ganância: qual seu livro mais caro? E o menos caro?
O livro mais caro que eu tenho na minha estante é sem duvida It a Coisa do Stephen King. Na época que eu comprei ele, paguei 84,90. Mas era  um livro que eu queria tanto, de um autor que admiro tanto, que nem me arrependo. (Aliás, nunca me arrependo de livro nenhum que adquiro) 

2-  Ira: com qual autor você tem uma relação de amor e ódio?
Jojo Moyes. Me julguem! O meu problema é com a escrita da autora, que não me prende de forma alguma, a leitura dos livros dela são muito arrastados pra mim. Eu gostei do livro "como eu era antes de você" e quero dar outra chance aos livros da autora apesar de ter abandonado sem dó "Depois de você"

3- Gula: que livro você devorou sem vergonha alguma? 
Essa é uma pergunta um pouco difícil, porque sempre que um livro me prende muito eu devoro sem dó! Mas o ultimo livro que devorei mesmo, que não larguei nem para ir no banheiro foi "Entre quatro paredes" de B. A . Paris (Resenha)

4- Preguiça: qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?
Dr. Sono. Este livro é a continuação de "O Iluminado" do Stephen King, e confesso que este até agora é o meu preferido do autor, porém eu tenho muita preguiça de ler a continuação, que inclusive estava na minha meta para esse ano. Mas não rolou, e eu espero que eu tome vergonha na cara e pegue ele para ler.

5- Orgulho: que livro tem mais orgulho de ter lido?
Eu poderia citar aqui todos os clássicos que eu já li rs. Eu não sou muito de ler clássicos, então quando eu pego um para ler e vou até o final fico muito orgulhosa de mim mesma. Mas já que tenho que escolher um só, escolho "Orgulho e preconceito" porque é um clássico que eu li, me apaixonei e conto para Deus e o mundo que li e amei!

6- Luxúria: quais atributos você acha mais atraentes em personagem femininos e masculinos?
Inteligencia. Tanto em personagens femininos quanto masculinos. Eu adoro personagens "nerds".

7- Inveja: que livros você gostaria de receber de presente?
A lista é enorme! Mas um livro que eu adoraria ganhar de natal é "Fera" de Brie Spangler ou "Noturno" da Darkside Books. 

Então é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado. E ai qual seu maior pecado literário?

16/11/2017

[Resenha] Entre quatro paredes - B. A. Paris

| | 37 comentários
Titulo : Entre quatro paredes
Autor(a): B.A Paris
Editora: Record
Páginas: 266
Ano: 2017
Gênero: Thriller
Sinopse: Um thriller sobre um sonho que torna-se pesadeloGrace é a esposa perfeita.Ela abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa. Agora prepara jantares maravilhosos, cuida do jardim, costura e pinta quadros fantásticos. Grace mal tem tempo de sentir falta de sua antiga vida.Ela é casada com Jack, o marido perfeito.Ele é um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência e nunca perdeu uma ação no tribunal. Rico, charmoso e bonito, todos se perguntavam por que havia demorado tanto a se casar.Os dois formam um casal perfeito.Eles estão sempre juntos. Grace não comparece a um almoço sem que Jack a acompanhe. Também não tem celular, que ela diz ser uma perda de tempo. E seu e-mail é compartilhado com Jack, afinal, os dois não guardam segredos um do outro. Parece ser o casamento perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto?Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita. (Record)                        


Jack e Grace parecem ser o casal perfeito, no casamento perfeito. Grace tem uma irmã chamada Millie que tem sindrome de Down, ela ama sua irmã e cuida dela como se fosse uma filha. Gracie tem trinta e dois anos e um passado com vários relacionamentos que não deram certo. Em alguns momentos ela queria que sua irmã não tivesse nada, que fosse perfeita e no mesmo instante se sente culpada por se sentir assim.
 A maioria dos homens que Gracie conhece não fica muito tempo com ela por conta de sua irmã Millie que precisa de cuidados e atenção, por conta disso Gracie trabalha viajando muito, pois é o único emprego que paga o suficiente para ela pagar a escola de Millie.
Até que um dia brincando com sua irmã em um parque Grace conhece Jack, um homem muito bonito e simpático. Um advogado com uma reputação impecavel e o melhor de tudo: parece ter gostado muito de Millie.

"Para começar, ele tinha uma beleza excepcional e naquela época eu não era bonita como sou agora. E também havia Millie"

Não demora muito até que eles estejam namorando e comecem a ter planos de se casar. Para Gracie não resta duvidas de que Jack é um homem perfeito, o principe encantado que ela tanto pediu aos céus!
Antes do tão sonhado casamento, Jack diz a Gracie para ela largar o emprego e se dedicar a cuidar da casa e da irmã. Ela fica resistente a proposta mas logo aceita. Isso era tudo que Gracie sonhava, um homem que aceitasse ela e a irmã. E dentro de um ano, Millie iria morar com eles. Tudo parecia perfeito.

"O casamento perfeito ou a mentira perfeita?"
Depois de casados, eles ainda são o casal perfeito. Daqueles de causar inveja a muita gente. Só que ninguém sabe que tudo aquilo não passa de fachada.

Minha opinião final sobre o livro: Eu não consegui largar o livro enquanto não terminei, confesso que é uma leitura bem pesada por causa do tema abordado na estória. O livro é narrado em primeira pessoa, pela protagonista, a Gracie.
A narrativa é intercalada entre o presente e o passado, até chegarmos ao momento presente da estória. Já fazia um tempo que eu não lia um thriller, e este me deu vontade de voltar a ler mais o gênero. Eu estava com medo de pegar esse livro para ler por que eu vi muita gente falando bem dele, e a ultima vez que eu li um livro por conta do hype, me decepcionei muito, mas este não foi o caso de "entre quatro paredes". No momento em que comecei a ler, já fiquei me questionando se aquele casamento era perfeito mesmo, havia algo muito estranho naquela perfeição toda, e eu "devorei" o livro inteiro no mesmo dia. É impossível não ficar ansioso para saber o desenrolar da estória e o desfecho. E por falar em final, que final foi aquele? Fiquei parada depois olhando pro teto e refletindo sobre o quanto eu amei o desfecho, o quanto a autora soube desenvolver os personagens e o quanto ela soube trabalhar para nos trazer um final simplesmente arrasador!
 Gosta de Thriller mas ainda não leu "Entre quatro paredes"? Então corre que você ta perdendo tempo. Super recomendo!


Adquira o livro 

14/11/2017

3 livros para chorar

| | 38 comentários
Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero que sim! Você é aquele tipo de pessoa que adora ler livros que emocionam, que nos fazem refletir, e que principalmente nos fazem chorar litros? Eu confesso que eu não costumo ler muito livros assim, apesar de adorar ler dramas. Por isso selecionei três livros que conseguiram me arrancar muitas lágrimas, e se você gosta deste tipo de leitura, venha conferir!


Eu não canso de indicar "A menina feita de espinhos" rs. Li este livro esse ano, e posso dizer que foi uma das melhores leituras que eu já tive em toda minha vida. Tenho muito amor por esse livro gente, sério! Este livro conta a estória de Kat, uma menina que nasceu com uma doença epidérmica rara, que faz com que ela tenha espinhos por todo corpo. Além de sofrer por isso, Kat ainda se culpa pela morte da mãe, que morreu quando ela nasceu justamente por conta dos espinhos de Kat. "A menina feita de espinhos" é uma estória de amor e principalmente superação e é impossível não se emocionar e não chorar horrores com tudo que a protagonista passa do começo até o fim do livro.






Nicholas Sparks não podia faltar não é mesmo? Este livro é outro queridinho da minha estante e só de lembrar da estória já sinto vontade de chorar. Eu já adorava o filme quando resolvi ler o livro e pensei que não iria chorar porque já sabia o que aconteceria no final mas me enganei. Ah como fui inocente rs! Quando eu terminei esse livro eu chorava igual criança!E para quem ainda não conhece, o livro conta a estória de Landon e Jamie, Landon um garoto rebelde e que costumava caçoar de pessoas como Jamie. Uma jovem muito estudiosa e filha do pastor da cidade. O destino dá um jeito de unir os dois aos poucos, e aos poucos também vamos nos apaixonando por este casal, porém tudo muda quando Jamie revela a Landon que sofre de uma doença que já está avançada.  Este livro nos mostra o quanto o amor e a fé pode mudar as pessoas. Mesmo que já tenham visto o filme, leiam ao livro, sério! Juro que vale muito a pena.




Eu li o "Menino do Pijama listrado" há muitos anos, e quase não me lembro muito da narrativa. Mas lembro o quanto chorei. Este é outro livro que também já tem uma adaptação.
O livro é narrado por Bruno, uma criança de apenas nove anos que ao se mudar, resolve explorar os arredores da sua nova casa e descobre um lugar onde varias pessoas usam um pijama listrado. Ele acaba criando uma amizade muito forte com um menino que mora nesse lugar e que também usa um pijama listrado. A estória é contada maneira muito leve e simples, por uma criança em meio a segunda guerra mundial.









Então é isso, espero que vocês tenham gostado e se já leu algum destes livros e chorou horrores, assim como eu!
Até mais!

12/11/2017

[Resenha] Garotas de vidro - Lauren Halse Anderson

| | 56 comentários
Ficha técnica Titulo: Garotas de vidro
Autor(a): Lauren Halse Anderson
Ano: 2012
Paginas: 272
Editora: Novo conceito
Gênero: Ficção/Drama
Sinopse: Lia e Cassie são amigas há anos, ambas congeladas em seus corpos. No entanto, em uma manhã, Lia acorda com a notícia de que Cassie está morta, e as circunstâncias de sua morte ainda são um mistério. Não bastasse isso, Cassie tentara falar com Lia momentos antes, para pedir ajuda. 
Lia tem de lidar com o pai, que é um renomado escritor, sua madrasta e a mãe, uma cardiologista que vive ocupada, salvando a vida dos outros. Contudo, seu maior tormento é a voz dentro de si mesma, que não a deixa se esquecer de manter o controle, continuar forte e perder mais, sempre perder mais, e pesar menos. Bem menos.”; (Novo conceito)

⭐⭐⭐⭐

Lia é uma garota de dezoito anos que acaba de descobrir que a sua amiga Cassie morreu. E o pior de tudo, é que na noite em que Cassie morreu, ela ligou trinta e três vezes para Lia, mas ela não atendeu.
Lia vive com o pai, a madrasta e sua meia-irmã Emma. Sua mãe é cardiologista e vive trabalhando, porém todos se preocupam com Lia.
Ela e Cassie estavam afastadas quando Cassie morreu, por isso Lia não consegue entender porque Cassie ligou para ela e nem porque ela não atendeu. Antes de se afastarem ela e Cassie fizeram uma aposta: Qual delas conseguiria ser mais magra?

Durante o livro inteiro fiquei me perguntando se Lia não percebia o quanto precisava de ajuda, Lia mede 1,65 cm de altura e chegou a ser internada quando chegou a pesar apenas 36kgs. E agora ela tem uma meta menor ainda. Desde que voltou para casa do pai ao ser internada pela primeira vez, Lia prometeu para o pai que iria comer normalmente e que não deixaria seu peso diminuir tanto nunca mais, por isso Jennifer, sua madrasta pesa Lia semanalmente mas Lia sempre arruma uma forma de enganar a todos e assim continuar emagrecendo. 

 "Eles são uns idiotas. Este corpo aqui tem metabolismo diferente. Este corpo odeia arrastar as correntes que eles enrolaram ao seu redor."

O livro é narrado em primeira pessoa, e tem uma narrativa que prende muito. Eu fiquei preocupada com a Lia, fiquei ansiosa, fiquei com medo por ela e além de tudo fiquei torcendo para que ela procurasse ajuda. Pessoas com transtornos alimentares não se enxergam do jeito que são, sempre se imaginam "gordas" e sofrem muito com isso. Lia conta as calórias de tudo que come, fica muito tempo sem comer, vive cansada porque seu corpo tenta se manter com o minimo de calorias que ela ingere e mesmo assim ela ainda pratica exercícios escondido.

Além de tudo, desde que Cassie morreu, Lia a vê todos os dia. O que levou Cassie a morte ainda é um mistério.

 "Rostos cinza enchem as folhas vermelhas. Os fantasmas querem sentir meu gosto. Eles estendem as mãos, os dedos bem abertos. Eu ando rapidamente, saindo do alcance de suas sombras pegajosas. Quando passo sob um poste de luz, a lâmpada explode e sinto o cheiro de açúcar queimado. É ela. Ela."
Apesar de ser um livro com um tema muito forte, foi o livro que me ajudou a sair da ressaca, talvez seja pelo fato de ter ficado do inicio ao fim torcendo pela protagonista. A escrita da autora é um pouco poética e essa narrativa nos leva para mais perto dos sentimentos da Lia. Eu gostei muito da escrita da autora, nunca tive nenhum transtorno alimentar mas acho que a autora nos fez sentir e entender perfeitamente o que uma pessoa com transtornos alimentares passa, o que sente e como pensa. Mas não seria um livro que eu indicaria para pessoas que sofrem com isso.

E é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado da resenha e me contem se já leram "Garotas de vidro" Até mais!!


Adicione

10/11/2017

Revista madame Eva n◦1

| | 37 comentários
Revista Madame Eva n◦1
Edição: Janeiro - Fevereiro 2017
Editora: Pontivírgula
Páginas: 28
Exemplar cedido pelos editores da revista.













Olá pessoal tudo bem com vocês? Esta semana eu contei aqui no blog, sobre a nossa nova parceria com a revista Madame Eva (Leia o post) E já vim aqui contar para vocês o que eu achei.
Nesta primeira revista tivemos onze estórias de autores diferentes, porém são estórias curtas e fáceis de ler.

08/11/2017

[Metas literária] Livros que quero ler ainda esse ano

| | 44 comentários
O fim de ano está chegando, e nós leitores já ficamos nos perguntando se cumprimos ou não nossa meta literária para este ano. A unica meta que eu criei é que eu iria ler todos os livros que ficaram empacados na minha estante no ano de 2016.
Mas não foi bem assim, infelizmente eu não li nem metade dos livros que eu coloquei como meta (que foram quinze!).
Esse ano foi um pouco difícil pra mim pois eu entrei em um ciclo de ressaca literária sem fim. Raramente estou conseguindo emendar um livro no outro, eu tento e nenhuma leitura me prende. Mesmo assim vou continuar tentando e decidi mostrar pra vocês os livros que eu pretendo ler ainda esse ano.

Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram...





A história de Susie Salmon, quando começa a se desvelar na sua frente, faz os compromissos, assim como os amigos, a família, a fome, o sono e até o celular tocando, parecerem bem pouco interessantes e menos urgentes. Os ossos do título em inglês não são os restos de Susie, a menininha que conta a história depois de morta. São a estrutura sobre a qual a vida é construída. Outra audácia é a de colocar Susie Salmon no céu. Sim, é para cima que vai nossa protagonista. E é para baixo que ela olha, com olhos atentos, enquanto conta a história de sua família , agora traumatizada, de como seu assassino planeja os detalhes minuciosamente para não ser descoberto, de como a polícia não tem nenhuma pista sobre como chegar a ele. A partir daí ela conta que, por estar inconformada com sua morte precoce, e um tanto entediada com a vida no Céu, decidiu acompanhar como sua família, amigos e o próprio assassino continuaram suas vidas após a tragédia(Skoob)



 Um trio de garotos esquisitos e uma nerd brilhante que esconde um grande segredo. Um inesperado romance que nasce em meio a computadores e disquetes. Um ousado e perigoso assalto para roubar a edição de maio de 1987 da revista Playboy, com imagens escandalosas de uma famosa apresentadora de TV. Todos esses elementos se unem para compor Fortaleza Impossível, um romance que fará você rir, se emocionar e recordar a maravilhosa sensação de se apaixonar por algo – ou alguém – pela primeira vez. 
(skoob)








Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas.
A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história.
Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são. (Skoob)




Clive Barker retorna à sua poderosa voz narrativa em grande estilo. Evangelho de Sangue é o sombrio, sangrento e brutal épico do terror, narrado pelo mestre inquestionável do gênero, e ansiosamente aguardado pelos fãs.
Evangelho de Sangue oferece uma junção clara dentro do universo de Barker. Os leitores mais atentos já perceberam que as histórias dele se passam em um mesmo universo, mas, agora, o mundo de Hellraiser é explicitamente unido ao do detetive Harry D’Amour – que aparece em outras histórias do autor, como o conto “The Last Illusion”, presente no sexto volume dos Livros de Sangue, e no romance Everville.
D’Amour, que se dedica a investigar casos sobrenaturais, mágicos e malignos, vem encarando seus demônios pessoais há anos. Quando ele se depara com uma Caixa das Lamentações, seus demônios internos são substituídos por demônios de verdade, conforme ele se vê enredado em um terrível jogo de gato e rato, absolutamente complexo, sangrento e perturbador. Evangelho de Sangue reconduz os leitores ao tempo marcado por dois de seus mais icônicos personagens, que conduzem a história em uma batalha entre o bem e o mal tão antiga quanto o tempo, onde o autor conecta a mitologia de Hellraiser ao Inferno bíblico.(Skoob)

E é isso pessoal, me contem se tem algum livro que você pretende ler até o final do ano. E vamos correr atrás dos prejuízo!

Beijos!

02/11/2017

[Novidade] Parceria com a revista Madame Eva

| | 19 comentários
Olá pessoal tudo bom com vocês? Espero que sim. Já começo esse post pedindo mil e uma desculpas pelo meu sumiço (foram quinze dias sem postagens no blog) mas juro que foi por causa da minha internet que anda horrorosa. Por isso infelizmente não consegui concluir o nosso Mês macabro, mas prometo recompensar vocês em breve!

Mas chega de desculpas, que apesar do sumiço eu tenho novidades! Recentemente fechamos parceria com a revista de tautologias Madame Eva 

A revista Madame Eva foi lançada em Janeiro de 2017 nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Salvador em formato físico e virtual. A revista tem como objetivo abrir espaço para autores que desejam divulgar seu trabalho. E também conta com ilustrações de artistas plásticos.

                                          Saiba mais sobre a revista Madame Eva 
                                                              Facebook Blog


14/10/2017

[Top 6] Livros de terror para ler no Halloween

| | 12 comentários

Oi meus amores tudo bem com vocês? Espero que sim! Ontem foi sexta feira treze e para comemorar trouxe hoje seis livros de terror para ler neste mês das Bruxas. Para o post não ficar muito longo, vou colocar apenas a sinopse de cada um deles okay? Espero que gostem.



O exorcista - william Peter Blatty
"Um clássico do terror com mais de 13 milhões de cópias vendidas“. Impossível parar de ler. Poe e Mary Shelley reconheceriam [William Peter Blatty] como mais um integrante do limbo ambíguo entre o natural e o sobrenatural... De arrepiar.” – Life. Uma obra que mudou a cultura pop para sempre, O exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna para o combate entre a fé e o profano em forma de um dos romances mais macabros já escritos." (Skoob) 
Adicione:  SKOOB







O Cemitério - Stephen King 
Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um "simitério" no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação.
Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. (Skoob) Adicione (Skook)


11/10/2017

[Tag] Macabra

| | 1 comentários


Oi meus amores, tudo bem com vocês? Espero que sim. Dando continuidade ao nosso mês macabro, e para dar uma descontraída, resolvi responder a Tag Macabra . Essa tag foi criada pela Beatriz Paludetto ( Clique aqui para ver o canal dela ), e consiste em sete perguntinhas.

1- Qual livro que te deu mais medo ou apreensão?

O livro que mais me deu medo até agora foi Ed e Lorraine Warren Demonologistas. Senti um certo desconforto em alguns momentos durante a leitura.

2- Quais livros de terror ou suspense mais demoraram pra sair da sua cabeça? 

O Iluminado, de Stephen King. Eu fiquei até de ressaca por causa deste livro, não conseguia me desprender da estória e fiquei refletindo sobre ele um bom tempo.

3- Quais os livros de terror ou suspense mais bonitos que você tem?
Os livros destes gênero, mas bonitos que eu tenho com certeza são da DarkSide Books, mas se for para escolher o mais bonito seria o "Bom Dia Verônica" (Leia a resenha)

4- Quais personagem de um livro de terror ou suspense que mais te cativou?

Fiquei refletindo muito tempo sobre essa pergunta, mas eu acho que escolheria a Malorie, a nossa protagonista de Caixa de pássaros, ela é uma personagem muito forte e determinada em meio ao caos que o mundo se tornou na estória, e isso me cativou bastante.

5- Qual foi a sua atmosfera ou ambientação preferida de um livro ou filme de terror ou suspense?
Minha ambientação preferida foi do livro "Joyland" do Stephen King (Não vou nem colocar a resenha aqui pois é a primeira do blog, e esta bem vergonhosa). Enfim, a estória se passa praticamente toda em um parque de diversões, e como eu adoro parques, colocar um pouco de suspense neste ambiente pra mim, foi muito diferente e eu adorei de verdade cada descrição do lugar.


6- Qual foi o crime/assombração/eventos estranhos que mais te causou desconforto enquanto lia?

O crime que mais me causou desconforto em quanto lia, foi o assassinato da família Defeo, moradores da famosa casa em Amityville. O fato da morte deles ter sido tão bizarra me intriga até hoje. (Confira a resenha do livro aqui).


7- Qual é a sua adaptação preferida de livros de terror e suspense?
Atualmente a minha adaptação preferida é "Jogo perigoso" de Stephen King que foi adaptado recentemente pela netflix, e é uma ótima adaptação.



Então é isso pessoal, hoje eu não irei marcar ninguém para responder, mas sintam - se a vontade para responder no blog/canal de vocês também!

Até mais!

09/10/2017

[Dica de Séries] True Blood

| | 16 comentários
Foto: Divulgação/HBO

Sinopse: Numa nova era de evolução científica, os vampiros conseguiram deixar de ser monstros lendários para se tornarem cidadãos comuns. Essa mudança, que aconteceu do dia para a noite, deve-se a cientistas japoneses, que inventaram um sangue sintético, fazendo com que os humanos deixassem de ser o seu prato principal. Já os humanos ainda não se sentem totalmente seguros convivendo lado a lado com toda a legião de vampiros que está saindo de seus caixões. Ao redor do mundo, cada um escolheu o seu lado a favor ou contra essa revolução, mas numa pequena cidade de Lousiana, chamada Bon Temps as pessoas ainda estão formando a sua opinião. Sookie, garçonete de um pequena lanchonete, tem o poder de ouvir os pensamentos das pessoas e não vê problemas na integração desses novos membros à sociedade, principalmente quando se trata de Bill Compton, um atraente vampiro de 173 anos de idade. Mas ela pode vir a mudar de opinião, à medida que desvenda os mistérios que envolvem a chegada de Bill a sua cidade.
(Foto: Abertura/HBO )

Oi pessoal tudo bem com vocês? Hoje eu vim falar um pouco dessa série que comecei a assistir essa semana, e já vim falar dela aqui pra vocês.
 Eu sei que muita gente tem um certo preconceito com filmes e séries de vampiros por conta de Crepúsculo e Diário de um vampiro. Mas não se enganem, True Blood é bem diferente e se quiser assistir se prepare para uma série com muito suspense e vampiros realmente terríveis!

Apesar da série ter acabado em 2014 com sete temporadas, ouvi dizer muito bem dela e até o aonde eu assisti no momento esta valendo a pena.
Nesta série, humanos e vampiros convivem juntos, graças a uma bebida que os cientistas japoneses criaram. Os vampiros se alimentam disso e não atacam os humanos - Alguns vampiros não atacam, já outros...

Apesar da aparente "passividade" alguns humanos também caçam vampiros, para beber o sangue deles, pois acreditam que ao beber o sangue eles ganham alguns benefícios.
A série tem bastante ação e suspense  e eu já to gostando bastante.

Então é isso, me contem se já assistiram ou se pretende assistir também.

Até mais!

07/10/2017

[Resenha] Menina má - William March

| | 9 comentários

Titulo: Menina Má
Titulo Original: The Bad Seed
Autor: William March
Ano : 2016
Páginas : 272
Editora: DarkSide Books
Gênero: Terror/Suspense
Sinopse :  Publicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro apavorantemente bom. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark.
Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.
MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

05/10/2017

[Top 6] Filmes de terror para assistir na Netflix

| | 16 comentários


Oi meus amores tudo bem com vocês? Hoje eu vim indicar aqui 6 filmes de terror, que para mim são os melhores que você pode assistir na Netflix atualmente.
Para post não ficar não ficar longo vou deixar somentes as sinopses de cada um pra vocês.

03/10/2017

[Dica de filme ] Jogo perigoso - Netflix

| | 22 comentários
(Foto: Divulgação/Netflix )


Oi pessoal tudo bem com vocês? Este é o segundo post do Mês macabro - Maluca dos livros e eu trouxe pra vocês hoje uma dica de filme bem bacana!

01/10/2017

[Resenha] Amityville - Jay Anson

| | 22 comentários
Titulo: Amityville
Autor(a): Jay Anson
Ano: 2016
Páginas: 240
Gênero: Terror
Editora: Darkside Books
Sinopse: Depois de passar algumas décadas fechada, a propriedade no número 112 da Ocean Avenue no subúrbio de Nova York finalmente abre as portas para os leitores da DarkSide® Books. Cercada pela natureza, com janelas amplas e uma sacada espaçosa, ela poderia ser uma casa de bairro tranquila como todas as outras, não fosse seu passado devastador e sangrento. Em 1975, George e Kathleen Lutz resolveram recomeçar a vida em uma nova residência que compraram por uma pechincha. Vinte e oito dias depois, os cinco membros da família fugiram aterrorizados, deixando a maior parte de seus pertences para trás. Estranhos eventos começaram a acontecer, afetando a vida dos Lutz e indicando que uma presença maligna habitava a casa. Embora tenha sido amplamente divulgada pela mídia, em especial nos jornais e nas revistas da época, muitas vezes de maneira sensacionalista, a história da casa nunca havia sido contada com riqueza de detalhes — até Jay Anson decidir reconstruí-la e transformar seu livro de não-ficção em um dos relatos paranormais mais importantes e conhecidos de todos os tempos.
Baseado nas experiências sobrenaturais reportadas pelos Lutz durante o mês de dezembro de 1975 e o começo de janeiro de 1976, Amityville é um dos livros mais aguardados pelos leitores da Caveirinha. Por isso mesmo, muito mais do que dar apenas aquela demão de tinta, a DarkSide® Books vai fazer uma reforma completa na casa, apresentando a sombria construção em detalhes, do quarto secreto no porão às verdadeiras manchas nas portas e nas paredes escondidas pelas tintas do tempo — tudo exatamente como aconteceu, com todos as entidades e vozes que habitaram o sótão, o porão e demais cômodos da casa —, em uma edição assustadora e com o cuidado quase sobrenatural da editora mais dark do Brasil. Adaptada várias vezes para o cinema e contando também com diversos spin-offs, a história de Amityville hoje é amplamente conhecida e é considerada um dos mais importantes relatos sobre casas mal-assombradas da cultura popular. (Skoob)

               



resenha


Oi pessoal tudo bem com vocês? Eu to com a garganta bem ruim e uma gripe daquelas, mas mesmo assim vim aqui começar nosso mês macabro como prometido.

Então sem enrolação, vamos falar sobre Amityville. Vocês já devem ter visto por ai alguma adaptação deste livro ( que inclusive tem uma na netflix e eu super indico !)

O livro vai contar a história da família da família Lutz  que está a procura de uma nova casa para morar e acabam encontrando a casa perfeita no número 112 da Ocean Avenue. Logo de cara são avisados o porque da casa estar com preço tão bom. Ronald Defeo antigo morador da casa matou seus pais e quatro irmãos com um rifle.

O mais curioso deste assassinato é que os vizinhos alegaram não ter ouvido nenhum barulho suspeito na noite do crime, todos eles foram mortos enquanto dormiam e pasmem : Na mesma posição, de bruços. Em quartos separados e enquanto o crime ocorria quem estava na casa também não ouviu nada, todos foram mortos enquanto dormiam. Ronald Defeo alegou ter ouvido vozes que "mandavam" que ele cometesse então, este crime.

Depois de julgado ele foi sentenciado a cumprir seis prisões perpétuas.

Logo no começo do livro, Jay Anson nos conta que por conta desse crime a família Lutz decide chamar um padre - conhecido da família para benzer a casa. No dia seguinte o padre e a família, começam a sentir algo estranho.

O padre sofre várias consequências por ter ido até a casa, e durante o único mês que a família permanece por lá é chamado várias vezes pelos Lutz para ir até lá novamente. Mas  temendo consequências mais sérias o padre tenta pedir ajuda a outros padres.

Mas não dá tempo, a família passa a sentir presenças estranhas na casa, coisas bizarras começam a acontecer.
Sem querer acreditar no que estava ocorrendo a família - que gastou todas suas economias para adquiri - lá, tenta sem sucesso continuar na casa. Mas vinte e oito dias depois de terem se mudado, aterrorizados saíram da casa as pressas, deixando para trás todos os seus pertences.

Ed e Lorraine warren, foram até a casa onde a clarividente alegou que nada poderia ser feito. O que está naquela casa é poderoso. O caso tem um ponto de vista do casal no primeiro capitulo de Ed e Lorraine Warren : Demonologistas também publicado pela Darkside Books e que terá resenha aqui no blog em breve.

Acreditando ou não no caso, da pra sentir medo várias vezes durante a leitura. Como eu leio de madrugada, qualquer barulho estranho me deixava "de orelhas em pé". Esse é um daqueles livros que a gente lê e depois canta uma música gospel para deixar o clima da nossa casa mais neutro rs.

Nas primeiras páginas do livro temos o mapa da casa, o que permite ao leitor uma experiencia mais real ainda. A leitura é bem fluída, rápida porém muito bem escrita. E preparem-se para sentir um  "medinho básico".


Foto: (Paul Hawthorne/Getty Images)

Esta é uma foto da casa atualmente. Ela foi construída em 1924 por João moynahan. Há boatos também de que em 1997 o morador da casa, tentou matar sua esposa (fato não confirmado). Os Lutz nunca mais retornaram a casa e pediram a Lorraine Warren que pegasse somente a documentação da casa para que conseguissem vende-la novamente.

Depois do acontecido a casa teve vários donos, e os mais recentes se mudaram e atualmente a casa está a venda, por US$850 mil ela pode ser sua. E ai teriam coragem ?

29/09/2017

[Vem aí] Mês macabro - Maluca dos Livros

| | 26 comentários

26/09/2017

[Top 6] Livros para ler em um dia

| | 20 comentários

Olá meus amores tudo bem ? Hoje eu vim trazer para vocês um post do meu novo quadro aqui no blog, e já quero adiantar que em Outubro teremos um mês bem diferente aqui no blog. Mas sem enrolação, este novo quadro se chama "Top 6" e por quê esse nome ? Simples, seis é meu número da sorte, um número que tem muito significado para mim e também não consigo escolher só cinco coisas quando faço lista de algo que gosto, como livros. Então para inaugurar esse quadro trouxe para vocês seis livros para ler em apenas um dia! Sabe quando você não quer nada muito grande, quer uma estória rápida e não sabe o que ler? Então continua lendo que eu posso te ajudar !




Sementes no gelo 
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 187
Gênero : Suspense/Mistério/ Terror 
Minha Classificação: 💗💗💗💗💗

Sinopse: Neste romance, André Vianco volta a explorar o sobrenatural. Em Sementes no Gelo, o leitor ingressa no mundo de espíritos atormentados, impedidos de reencarnar. Muitos se enraivecem e lançam sua fúria sobre todos que lhe chamam atenção e interpõe seus caminhos. Um detetive, por acaso, desvenda os mistérios em torno destes espíritos, tornand0-se o inimigo número um das perigosas entidades.


Não sei o que dizer deste livro sem dar spoilers, pois assim como os outros livros que escolhi para esta lista, este livro é bem curtinho. Apesar de ser um livro com uma temática mais "pesada" a gente se pega querendo saber mais e mais da estória. Este foi o primeiro livro do André Vianco que eu li, e já faz uns anos. Mas eu tenho ele na estante e guardo com muito carinho. Este é um daqueles livros pra quem quer se "arrepiar ". Por diversas vezes até parecia que tinha uma das crianças ao meu lado, foi bem bizarro. Mas é uma leitura incrível e eu super indico !



O médico e o monstro 
Autor: Robert Louis Stevenson
Páginas : 80
Editora : Nova Fronteira
Gênero : Horror/ Terror
Minha Classificação : 💗💗💗💗

Sinopse : Dr. Jekyll é um renomado médico em Londres. Homem de posses, consegue conciliar seu trabalho diário com seus experimentos científicos, através dos quais busca realizar um desejo secreto. Sua determinação se baseia em uma única convicção: "O homem não é verdadeiramente um ser, mas dois." Enfim, dr. Jekyll cria uma poção que o permite liberar seu lado mais vil. Na personalidade de Mr. Hyde, as atitudes mais violentas são tomadas, deixando par o médico a integridade dos bons atos. Mas um desfecho surpreendente põe em xeque a aparente liberdade e controle do médico.
O médico e o monstro é um daqueles clássicos que todo mundo leu, ou pelo menos já ouviu falar alguma vez na vida. E foi justamente o que me levou a ler este livro (Além de ter comprado o box "mestres do terror bem baratinho ) . O autor tem uma escrita muito fluida e a leitura é bem rápida também por conta do tamanho do livro que é bem curtinho. Apesar de ser considerado terror, acho este livro mais para suspense, ele mergulha na complexidade humana e na batalha do próprio ser humano entre o bem e o mal. Recomendo bastante para quem gosta de clássicos.


Elevador 16

Autor : Rodrigo de Oliveira
Páginas: 60
Editora : Faro Editorial
Gênero : Contos/Horror
Minha Classificação : 💗💗💗


Sinopse: Estamos em 2017.Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distancia segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...Mas não podiam estar mais enganados. No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados.Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele pára entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal...Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre.
Quando li este livro, queria justamente um livro rápido e bom para ler, apesar de ser um spin-off da trilogia Cronicas dos mortos, não tive dificuldades para entender o livro já que o autor sobre prender o leitor rapidamente, sendo direto ao ponto. Eu adoro estórias sobre zumbis e sou um pouco suspeita para falar sobre isso, porém posso adiantar que aqui encontramos personagens fortes e bem construídos e uma narrativa que nos deixa com sabor de quero mais.


 Através do espelho 
Autor : Jostein Gaarder
Páginas : 141
Editora : Companhia das letras
Gênero : Fantasia/ ficção
Minha Classificação: 💗💗💗💗


Sinopse : Do mesmo autor de O mundo de Sofia, essa é a história de Cecília Skotbu, uma menina que vive intensamente. As coisas que vai aprendendo ela anota num caderninho. Ali ela escreveu, por exemplo: "Nós enxergamos tudo num espelho, obscuramente. Às vezes conseguimos espiar através do espelho e ter uma visão de como são as coisas do outro lado. Se conseguíssemos polir mais esse espelho, veríamos muito mais coisas. Porém não enxergaríamos mais a nós mesmos". Cecília passa quase o tempo todo em seu quarto, deitada na cama. Ela está morrendo. Sua história é uma preparação para a morte e por isso é também um mergulho na vida. Ela morre como quem viaja, prestando atenção em tudo. Através de seu olhar profundo, o outro lado do espelho se torna um pouco mais claro para nós.
A delicadeza que o autor escreveu este livro me surpreendeu muito, devorei suas 141 páginas em um piscar de olhos, com uma narrativa um tanto poética o autor nos mostra a importância de se viver intensamente e aproveitar cada minuto de nossa vida. A força da protagonista que é apenas uma criança e que enfrenta uma doença muita séria, é muito marcante e é impossivel terminar o livro e não ficar horas refletindo sobre essa leitura rápida porém tão intensa.


Sete ossos e uma maldição
Autor : Rosa Amanda Strausz
Páginas : 118
Editora : Rocco
Gênero : Contos/suspense
Minha classificação : 💗💗💗💗💗


Sinopse : Este livro de Rosa Amanda Strausz traz onze contos que fazem qualquer um sentir um friozinho cortante percorrer a espinha. Mas o medo aqui não paralisa, pelo contrário, só faz crescer a vontade de chegar à página seguinte, o que exige fôlego. Um prato cheio para quem curte histórias de terror e mistério - e qual é a criança ou o jovem que não curte? - e um bom começo para os iniciantes neste tipo de literatura. Em 'Sete ossos e uma maldição', não há sangue espirrando nem miolos saltando, como informa de antemão a orelha do livro. Nada explícito ou de mau gosto. Nele, a imaginação do leitor se encarrega de formar as cenas macabras forjadas através de um texto elegante. E é exatamente esse terror sugerido, literatura fantástica da melhor qualidade, que o torna tão atraente. O primeiro conto, "Crianças à venda. Tratar aqui", pega o leitor de primeira e dá o tom do que virá a seguir. A dúvida é uma constante. Vai ficando cada vez mais difícil dizer exatamente o que é e o que não é, o real e o sobrenatural se misturam numa atmosfera fascinante. O conto que dá nome ao livro também surpreende o leitor ao explicar o que são afinal os sete ossos e a maldição do título, aliás, uma história sinistra, como diriam os jovens leitores. 

Sou "suspeita" para falar deste livro, ele foi um dos primeiros livros que me fizeram ter contato com a literatura. Quando eu tinha apenas onze anos, minha professora de leitura lia este livro para minha turma e me lembro de quanto nós amávamos este livro e que a fila para pega-lo emprestado era tão grande, que eu terminei o ensino fundamental e não consegui pega-lo rs! Mas aqui a autora nos traz onze contos com uma narrativa surpreendentemente maravilhosa que nos faz mergulhar na leitura logo no primeiro conto, e nos surpreende a cada página. Vale muito a pena a leitura!



Coraline 
Autor : Neil Gaiman
Páginas: 155
Editora : Rocco
Gênero: Suspense/mistério/ infanto juvenil
Minha Classificação : 💗💗💗💗💗 ⭐
Sinopse :  
Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.

Além de ter ganhado uma adaptação incrível ( e que tem na netflix ) Neil Gaiman, encanta o leitor com esse universo de Coraline. Este também é meu livro favorito, porque é o livro que me fez gostar e me apaixonar pelo mundo dos livros. Por isso não podia deixar de traze-lo aqui para vocês. Pra quem ainda não leu, não sabe o que está perdendo. Este infanto juvenil nos surpreende a cada página, Coraline é uma menina muito corajosa e forte, e a narrativa e muito cativante.

Então é isso pessoal. Lembrando que aqui trouxe para vocês indicações e não resenha como de costume, para o post não ficar grande. E eu espero que vocês tenham gostado e me contem se já leram algum destes livros ok?