03/01/2018

[Resenha] Sono - Haruki Murakami

| |

Titulo: Sono
Autor(a): Haruki Murakami
Ano de publicação: 2015
Numero de páginas: 116
Editora: Alfaguara                    Adicione: Skoob

Sinopse: "É o décimo sétimo dia que não consigo dormir." 

Ela era uma mulher com uma vida normal. Tinha um marido normal. Um filho normal. Ela até podia detectar algumas fissuras nessa vida aparentemente perfeita, mas nunca chegou a pensar seriamente nelas. Até o dia em que deixou de dormir. Então, o mundo se revelou. Um mundo duplo de sombras e silêncio; um mundo onde nada é o que parece. E onde ela não pode mais fechar os olhos. Sono é um conto de Murakami inédito no Brasil, com ilustrações de Kat Menschik. (Skoob)





Sono é um livro bem curtinho, que na verdade é um conto que relata a vida de uma mulher que está há dezessete dias sem dormir.

Tudo começa quando a protagonista vive uma angustiante paralisia do sono em que ela vê um homem desconhecido regando seus pés. A água parece nunca acabar, e embora acredite que não seja um sonho e que tenha se sentido agoniada durante tudo isso ela não sentiu a água molhando seus pés. 

Após o acontecido ela passa a não conseguir dormir mais. Não por escolha própria mas sim por não conseguir pegar no sono de jeito nenhum. A situação dela é totalmente incomum e ela sabe disso, e por este motivo resolve não contar a ninguém que ela não dorme a tanto tempo, pois tem medo que as  pessoas não acreditem nela ou que pensem que ela está louca. 

Ela continua vivendo sua vida comum de dona de casa, que cuida do marido e do filho de forma automática e percebe que na verdade não dormir pode ser uma vantagem, pois agora ela tem mais tempo para si e até retorna ao hábito da leitura. Diferente das insônias comuns, ela não sente nenhum cansaço ao contrario, ela se sente cada dia mais disposta. E com fome. 

"Ao deixar de dormir, ampliei meu ser. O importante é o poder da concentração. Viver e não conseguir se concentrar é o mesmo que estar de olhos abertos e não poder enxergar"

O livro é cheio de ilustrações que nos mostram como a protagonista (que em momento algum o autor nomeou) se sente. E traz vários questionamentos sobre vida, sono e morte. Será que somos apenas "marionetes" fazendo todos os dias as mesmas coisas automaticamente se nem sequer nos questionarmos se isso é normal? Alias, o que seria normal? Até que ponto ser "normal" é algo bom ? 

"Depois que deixei de dormir passei a considerar fácil administrar a realidade. De fato, cuidar da realidade é uma atividade muito simples. Era tão somente a realidade"

Sono é uma leitura bem rápida embora seja bastante angustiante. A escrita do autor é muito fluida e isso possibilita ao leitor se questionar sobre o que vive e sentir como se fosse consigo mesmo a angustia de não dormir há tanto tempo. Um ponto diferente também, é que a protagonista não foi nomeada. Mostrando que as vezes isso é algo totalmente irrelevante para a estória. Um conto pequeno e peculiar, mas que ao mesmo tempo nos faz questionar muitas coisas. Ainda estou refletindo sobre essa leitura e me questionando se consegui capturar tudo que o autor quis transmitir ao escrever esta estória. As ilustrações nos trazem ainda mais para perto do sentimento da protagonista e o final sem duvidas é um daqueles que divide opiniões e cada um interpreta de uma forma. O que me deixou um pouco desanimada sobre o livro é o final totalmente súbito e que deixa o leitor esperando por mais. E eu definitivamente aprendi que não consigo gostar de finais abertos. 

Mesmo assim é uma leitura que indico para todos, pois mesmo que o final tenha me decepcionado um pouco eu não deixo de gostar de livros que nos fazem "pensar fora da caixinha".

30 comentários:

  1. Fazes-me logo querer ler o livro quando contas que é a história de alguém que não dorme à 17 dias!!!
    Beijinhos,

    A Maiazita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maya que bom que gostou!
      Gratidão por sua visita ♥

      Excluir
  2. Oi Jaqueline!!
    Caraca, que livro interessante. Bem louco ela não dormir, mas se a gente for parar para pensar nisso até que seria bom ter essas horas para fazer outras coisas e mesmo assim não se sentir cansado né?
    Ótima resenha!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA! Também pensava assim antes de ler este livro. Alias foi isso que me fez lê-lo, eu achava que ficar sem dormir seria ótimo! Poderia resolver tudo e sobraria mais tempo para minhas leituras e meu dia renderia mais. E foi isso que aconteceu com a protagonista, mas vendo a agonia que isso tudo causa, não sei se acho tão legal assim mais rs!
      Gratidão por sua visita ♥

      Excluir
  3. Fiquei curiosa sobre o livro, vou dar uma procurada por ele, me pareceu ser muito bom e a história muito interessante.
    Beijos.

    https://spkyjmchrstms.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karen!
      Espero que goste também! Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  4. Oii! :)
    Menina, esse livro já me deixou desesperada. Eu entro em pânico quando não durmo bem, imagina só fica todos esses dias sem dormir. Fiquei curiosa para saber como ela lida com isso, já que (pelo que você disse) não dormir chegou a melhor a rotina dela. Vou ler com certeza! :)


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Michelly!
      Não dormir deve trazer um certo desespero, ainda mais com rotinas tão corridas como nós temos hoje em dia!
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  5. Que tema intrigante, né? A personagem não dormir por 17 dias! E eu aqui quando perco algumas horas de sono já me sinto completamente destruída rs.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia essa obra mas gostei muito da premissa da história, parece ser envolvente e que conseguimos sentir realmente o que a protagonista está sentindo! Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina Marina! Eu é que agradeço por
      sua visita ao blog ♥
      Bjs

      Excluir
  7. Amei essa indicação!!! Menina, já estou imaginando. Para mim seria muito bom poder não dormir, com a correria da vida ter aquelas horas a mais seria tudo, mas a angustia que me pareceu ter personagem eu não quero não hahaa. Interessante tmb a protagonista não ter nome, nunca tinha visto! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda! Também pensava assim e foi justamente isso que me levou a ler esse livro, e olha mudei de ideia rs! Depois de ler, percebi que temos mesmo que descansar por umas horinhas mesmo. Acho que o livro tem uma critica justamente ligada a isso: Hoje em dia temos que ser produtivos sempre! Sem descanso e será que isso é mesmo normal?!
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  8. Paralisia do Sono é uma parada sinistra. Eu já tive esse troço algumas vezes e não é legal não. Curioso é que eu nunca tive essa experiência de ver alguém me segurando ou algo do tipo (talvez por que não tenho muita espiritualidade), era mais uma sensação física de não conseguir se mexer mesmo. Sinistro.

    O conto parece realmente interessante. Ele é vendido separadamente em digital?

    Excelente resenha.
    Um abraço.

    Willian Vulto
    https://lugarnenhum.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Já tive também e é uma sensação que não desejo a ninguém também!
      E sim ele é vendido em formato digital e espero que goste também!
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  9. Sofro com insônia e não é algo muito legal, 17 dias sem dormir então deve ser tenso demais. Não gosto muito de livros que são angustiantes então não sei se curtiram tanta a leitura, apesar de parecer uma história interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena! Mas mesmo assim obrigada por sua visita ao blog ♥
      Bjs

      Excluir
  10. Você não faz ideia de como sua resenha foi útil para mim! Vou participar de uma maratona literária esse mês e um dos desafios é ler um conto, hoje mesmo eu estava me perguntando qual conto que irei ler.
    Eu adoro leituras que me façam sentir alguma coisa, principalmente sentir o mesmo que o personagem está sentindo, acho isso ótimo! Gostei de saber que nesse conto isso acontece. Vou ler ele com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rubyane!
      E você não imagina o quanto fico feliz por ter te ajudado nessa!
      Espero que goste da leitura também
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  11. Qnd vi a capa do livro e o título, juro, julguei pela capa! mas qnd li a sinopse a resenha eu fiquei tão instigada a querer ler e entender como se passa td isso com a mulher que já estou louca ara ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joyce!
      Olha quando você ver o livro pessoalmente talvez mude de opinião! A edição está lindíssima e extremamente caprichada.
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  12. Já peguei esse na livraria pra dar uma olhada e achei lindíssimo! As ilustrações parecem dar um tom muito especial pra historia. Murakami tem umas sacadas muito geniais pra metáforas, parece até um episódio mais subjetivo de Black Mirror hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Isso é muito Black Mirror" haha!
      Sabia que pensei nisso durante a leitura também? E realmente a edição está muito caprichada
      Bjs

      Excluir
  13. Nossa bem angustiante mesmo , acho que colocamos no lugar da personagem, eu acho que ficaria louca se não dormisse por dois dias imagina 17 dias

    ResponderExcluir
  14. Dormir é tãoooo bom, desesperador heim!! Bem interessante a resenha da vontade de ler o livro sem duvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Amo dormir rs. Apesar de achar legal a ideia de ter mais tempo, ficar sem dormir tanto tempo deve ser mesmo muito desesperador
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  15. Oi, tudo bem?
    Não me imagino um dia se quer sem dormir, imagina 17 dias como a coitada da protagonista ficou. O livro parece ter uma temática bem interessante, e fala de um assunto incomum na literatura que é a paralisia do sono. Sua resenha está boa, parabéns!

    Abraços!
    Cantinho da Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luna! Que bom que gostou!
      Gratidão por sua visita ao blog ♥

      Excluir
  16. Fiquei curiosa, imagina ficar dias sem dormir, que terrível.

    ResponderExcluir