27/02/2018

[Desafio literário] Rory Gilmore Books Project

| | 6 comentários


Olá meus amores tudo bem vocês? Há menos de mês, comecei a assistir a série "Gilmore Girls" (tal mãe, tal filha) aqui no Brasil e apesar de ser uma série que eu jurava que nunca iria assistir por não fazer meu "estilo" decidi dar uma chance, pois to naquela vibe de assistir coisas mais leves sabe? Só que eu não esperava gostar tanto da série a agora assisto pelo menos três episódios por dia (me viciei mesmo haha).

Uma coisa que me chamou muito atenção quando comecei a assistir a série foi a relação que a protagonista Rory, tem com os livros e me identifiquei muito. E depois lembrei que existe um desafio literário que consiste em tentar ler (ao longo da vida, claro) os 340 livros que a Rory lê ou menciona durante a série. Como uma bookaholic assumida, decidi encarar o desafio.

26/02/2018

[Resenha] Segredo de sangue - Tess Gerritsen

| | 11 comentários
Titulo: Segredo de sangue 
Autora: Tess Gerritsen
Ano de publicação: 2017
Número de páginas: 350
Editora: Record
Gênero: Thriller 
Adquira o livro: Saraiva ✰ Amazon ✰ Livraria cultura
Sinopse: Um antigo crime volta para cobrar mais vítimas no novo caso da detetive Jane Rizzoli e da legista Maura Isles.
Cassandra Coyle, 26 anos, roteirista e produtora executiva de filmes de terror independentes, encontrada morta na cama de seu quarto com os dois globos oculares arrancados e deixados na palma de sua mão esquerda.
Timothy McDougal, 25 anos, contador, encontrado morto na véspera do Natal num píer com três flechas enfiadas em seu peito nu.
Dois homicídios completamente distintos com uma única relação: a causa da morte é uma incógnita. Resta à detetive Jane Rizzoli e à legista Maura Isles solucionar o mistério antes que o assassino faça sua próxima vítima.

Olá meus amores tudo bem com vocês? A resenha de hoje é de um livro da autora sino-americana Tess Gerritsen. Um thriller que na verdade é o décimo segundo livro de uma série, intitulada de "O cirurgião," porém os livros podem ser lidos tranquilamente fora de ordem, como eu mesma fiz. Este é meu primeiro contato com a escrita da autora. 


O livro conta a estória de dois assassinatos que aparentemente não tem ligação nenhuma entre si. Porém são dois casos bizarros em que as vítimas são encontradas de formas peculiares. Uma das vitimas é Cassandra Coyle, uma produtora executiva de filmes de terror independentes que foi encontrada morta em sua casa com os dois globos oculares arrancados na palma da mão, e Timothy McDougal, contador, que é encontrado morto na véspera de natal em um píer com três flechas enfiadas no peito. Apesar de ser casos tão diferentes os detetives Jane Rizzoli e Maura Isles começam a acreditar em um possível serial killer e uma possível ligação entre os casos. 

" - Ela apontou para o monitor, onde a silhueta do assassino continuava congelada. - Os filmes como Sr. Símio nos ajudam a processar o medo, a trabalhar a raiva que sentimos de nós mesmos. São terapêuticos. - Ela balançou a cabeça. - Pessoas cruéis não assistem filmes de terror. "

O livro é narrado por mais de um narrador, um em primeira pessoa e um em terceira, os capítulos são curtos, mas os personagens são muito bem trabalhados e o enredo flui fácil. A descrição de como as vitimas são encontradas mortas, apesar de ser peculiares não tornam o livro pesado. E várias vezes pensei que já tinha descoberto quem era o assassino, haha, eu estava muito enganada.

A autora nos faz pensar em vários suspeitos, nos deixa presos na trama tentando desvendar os crimes que parecem ter sidos cometidos de forma muito bem pensada. Afinal, quais seriam as motivações destes crimes?

Como eu disse acima, este foi meu primeiro contato com a escrita da autora e não tenho nenhuma crítica ruim ao livro, muito pelo contrário. Achei a estória muito criativa e muito bem desenvolvida e com certeza irei ler os outros primeiros livros desta série. Para quem gosta de um bom thriller, eu recomendo e muito!

Beijos!

24/02/2018

[Resenha] O exército dos imortais - Glauco Freitas

| | 0 comentários

Titulo: O exército dos imortais - Folclórika #1
Autor: Glauco J.S Freitas
Ano de publicação: 2017 
Número de páginas: 250
Editora: Pendragon 
Gênero: Fantasia
Adquira o livro: Pendragon 
Sinopse: Amaldiçoado pela gigantesca cobra de fogo, Mboi Tatr, o reino de Akakor há séculos vive em uma guerra desigual contra criaturas ferozes e imortais. Com pouca esperança, seus líderes não sabem que estão sendo traídos por um grupo que busca incansavelmente ver a segunda maldição de Mboi Tatr se concluir: a de que voltaria a vida para consumir o mundo em chamas. Mas, o mestiço Räel, um encantador de flechas, ao descobrir o plano macabro, sai no encalço do grupo a fim de impedi-los, para isso colocará sua vida em risco quando poderes muito maiores que os seus entram no conflito.

Olá amores tudo bem com vocês? Hoje eu trouxe mais uma resenha do autor parceiro aqui do blog, Glauco Freitas, já tem resenha de um dos livros dele aqui no blog, que é "A alcateia" (clique AQUI para ler). Mas vamos a resenha de hoje.

Neste primeiro livro da série Floclórika, somos apresentados a Räel, um arqueiro muito competente e realmente dedicado ao que faz. Ele sempre está em missão, e após voltar de uma delas ele é informado que duas irmãs querem se torna arqueiras e que ele terá que ajudá-las. Assim Räel então acaba conhecendo e se surpreendendo até com as duas jovens. Porém ele recebe uma nova missão e decide levar as jovens junto com ele.

Mas ele não esperava que fosse uma missão tão difícil, e que inúmeras coisas que não estavam no seu plano iriam acontecer o forçando a ser mais forte e dedicado do que nunca.

No começo do livro fiquei um pouco perdida, com a narrativa e com os nomes dos personagens, mas logo me acostumei e foi aí que a leitura começou a fluir e se tornou mais rápida e prazerosa. O autor conseguiu criar uma ótima ambientação, com uma trama que conhece prender o leitor até as últimas páginas sem enrolação e com uma narrativa fácil apesar dos nomes difíceis dos personagens (mas isso é comum em livros de fantasia).

Räel é um personagem muito cativante, impossível não gostar dele desde o início da trama, e o desenvolvimento de todos os personagens (inclusive os secundários) foram bem trabalhados, dando a possibilidade do leitor se sentir ainda mais dentro da estória.

É um livro que eu indico para quem gosta de fantasia, e quer ler algo diferente já que o autor descreve um cenário folclórico cheio de aventuras, que qualquer pessoa que adora fantasia assim como eu, também irá gostar!

Beijos!

21/02/2018

[Dica de série] Everything Sucks!

| | 16 comentários

Foto: Netflix/Divulgação
Olá amores tudo bem com vocês? No fim da semana passada a netflix liberou mais uma série original intutulada "Everything Sucks!" que se passa nos anos 90. A trama gira em torno de Luke (Jahi Di’Allo Winston) que decide criar um filme de ficção cientifica com seus amigos. Everything Sucks, é uma série muito fácil e leve de assistir, e apesar de retratar assuntos difíceis como sexualidade, relacionamento com os pais, bullies e etc, não se aprofunda em nenhum destes assuntos e acredito que foi por isso que gostei da série. 

Netflix divulgação
Gostei muito da forma leve e descontraída em que todos estes assuntos foram apresentados, tornando a série um entretenimento mesmo, com o objetivo de nos mostrar como era viver todas estas questões da adolescência nos anos 90, nos causando nostalgia. E eu já tinha visto o trailer da série e fiquei curiosa para assistir, tanto que eu maratonei no mesmo dia que a netflix liberou, e mesmo que a crítica tenha falado bem mal desta série, acho que vale a pena conferir. Ultimamente eu ando com preguiça de ver séries mais complexas, então "Everything Sucks!" Veio em uma boa hora para mim.

Gostou? Então confira o trailer, e espero que tenha gostado da minha dica de hoje!


Beijos!

19/02/2018

[Resenha] O cemitério - Stephen King

| | 2 comentários


 Titulo: O cemitério 
Autor: Stephen King 
Ano de publicação: 2013
Numero de páginas: 424
Gênero: Terror/Horror
Editora: Suma
Adquira o livro: AmazonSaraivalivraria Cultura
Sinopse: Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar em uma pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade e a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha.Num dos primeiros passeios pela região, conhecem um cemitério no bosque próximo à sua casa. Ali, gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Mas, para além dos pequenos túmulos, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível.
A princípio, Louis Creed se diverte com as histórias fantasmagóricas do vizinho Crandall. No entanto, quando o gato de sua filha Eillen morre atropelado e, subitamente, retorna à vida, ele percebe que há coisas que nem mesmo a sua ciência pode explicar. Que mistérios esconde o cemitério dos bichos? Terá o homem o direito de interferir no mundo dos mortos?
Em busca das respostas, Louis Creed é levado por uma trama sobrenatural em que o limite entre a vida e a morte é inexistente. E, quando descobre a verdade, percebe que ela é muito pior que seus mais terríveis pesadelos. Pior que a própria morte - e infinitamente mais poderosa.

Olá meus amores tudo bem com vocês? Eu vivo dizendo aqui no blog, o quanto eu adoro terror, o quanto eu amo Stephen King mas já faz tempo que não resenho nada dele aqui para vocês né?! Mas prometo que vou ler mais obras dele e trazer aqui pra vocês começando hoje, pela resenha do livro "O cemitério"

Louis Creed é um jovem médico que acaba de se mudar para uma pequena cidade no Maine, com sua esposa e seus dois filhos pequenos. Ao chegar a cidade Louis logo conhece seu vizinho Crandall e os dois viram bons amigos rapidamente. Mas as coisas começam a mudar na vida de Louis quando sua esposa decide passar um feriado com os pais em outra cidade e leva junto com ela os dois filhos pequenos. Ele não se dá bem com o sogro e por isso não se importa de passar o feriado sozinho, ou apenas bebendo e conversando com seu novo vizinho e amigo, mas naquele mesmo dia o gato de sua filha Ellie é morto na estrada e Crandall resolve ajuda-lo.


Crandall já é um senhor de oitenta anos que conta muitas histórias para Louis, inclusive a história sobre o "cemitério dos bichos". Desde que se mudou para aquela pequena cidade Louis não tem um bom pressentimento sobre aquele estranho cemitério, mas Ellie é apenas uma criança que ama muito o seu bichinho de estimação, e ele sabia que a garota iria sofrer demais se encontrasse o animal morto quando voltasse de viagem. 

Então o vizinho sugere que ele leve o gato atropelado e o enterre no cemitério dos bichos, pois havia uma lenda que se algum animal fosse enterrado lá ele voltaria a vida. E assim Louis fez, e em menos de 24 horas o animal estava vivo novamente, como se nada tivesse acontecido.  Ele sabe que aquilo tudo é muito estranho, e que apesar do animal estar aparentemente normal, aquele não parecia mais o mesmo gato. 
"No entanto, Louis, sua filha não vai saber de nada disso. Isto é, não vai saber que o gato foi atropelado, morreu e voltou.
A sua esposa não sabia lidar com a morte por motivos pessoais que nunca contara a ele, e por isso ele não se arrependeu de trazer o gato da filha de volta a vida, mas um dia ele precisaria ensinar pelo menos a filha que a morte é algo normal. 
"Talvez ela aprenda alguma coisa sobre o que a morte  realmente é: o ponto em que a dor cessa e as boas memórias começam. Não é fim da vida, mas o fim da dor. Você não vai lhe dizer isto, é claro, ela pode descobrir por si mesma."
Quando sua esposa volta de viagem, a sua filha percebe que o gato está estranho e prefere não dormir mais junto com ele, mas apesar disso Louis acha que tudo ficará bem. Mas ele está enganado, e começa a perceber que interferir com a morte de qualquer animal ou pessoa não é algo tão fácil assim e que tudo tem consequências.

Eu sinceramente quero saber se algum dia irei encontrar alguma obra do King que eu não goste, quando eu comecei a conhecer o autor, logo cara adorei as histórias mas achei a escrita massante e muito detalhista, e isso é uma marca registrada do autor. Mas neste livro, pelo menos para mim a leitura engatou muito rápido e logo me vi devorando a estória louca pelo desfecho. 
O livro traz várias reflexões sobre a morte e como lidamos com ela, de uma forma muito crua e verdadeira. Cada pessoa lida de um jeito com a morte, mas será que as vezes ela não é a melhor coisa que pode acontecer a alguém? Até que ponto seria certo mudar o rumo das coisas e trazer alguém que amamos de volta a vida?

Muitos classificam este livro como o mais assustador do King, e eu concordo. O autor  mais uma vez criou personagens excelentes e muito bem escritos, a narrativa em terceira pessoa não foi capaz de fazer com o que o livro fosse ruim e poucos autores conseguem isso. Esta edição publicada pela Suma também tornou a leitura mais agradável, com folhas amarelas, letras de tamanho razoável e bom espaçamento entre as frases e palavras. Porém não é um livro que eu recomendo para quem ainda não conhece a escrita do autor. Mas para quem conhece, gosta do autor, e é fã de um bom livro de terror que beira a insanidade rs, eu super recomendo, sério! Você não irá se decepcionar.  

Ainda não tive a oportunidade de conferir a adaptação, que ganhou o nome de "cemitério maldito" (vi que estava passando em um canal da tv fechada esses dias mas preferi ler o livro primeiro). Mas assim que eu puder irei conferir, e espero gostar também!
Beijos!

16/02/2018

[Novidade] Parceria com o grupo editorial Letramento

| | 6 comentários
Olá meus amores, é com muita felicidade que venho contar para vocês que o blog agora é parceiro do Grupo editorial Letramento! 


Então para abrir esta parceria com chave de ouro vou contar um pouquinho sobre a editora para vocês! 

“A Letramento foi criada em 2013 com o sonho de dar voz a novos autores e publicar histórias dignas de serem lidas. Acreditamos que a literatura tem papel fundamental na vida de milhares de pessoas e buscamos, a partir de nossos lançamentos, oferecer um catálogo vasto para os mais diversos públicos, nos esforçando para publicar histórias para todos os gostos e idades.Publicamos obras de autores consagrados e queremos abrir portas para novos autores publicarem suas histórias e ajuda-los a conquistar seu espaço nas estantes de todo o país. Publicamos livros de qualidade juntando o amor pela leitura, a fascinação por histórias e o cuidado com o leitor.
Temos mais de 100 títulos publicados e buscamos sempre oferecer novidades e leituras inéditas para os amantes da boa literatura. Com o cuidado de não limitar o pensamento, publicamos poesias, livros de ficção, teses e dissertações, narrativas românticas, livros-reportagem, não ficção, literatura infantil e infanto-juvenil.
Acreditamos no poder transformador da leitura, por isso publicamos histórias incríveis e esperamos que vocês se apaixonem por elas tanto quanto amamos publica-las.” 
Saiba mais sobre o Grupo editoral letramento: 
Site ☆ Facebook 

Eu estou muito feliz com a oportunidade, é a primeira parceria com editora aqui do blog e eu agradeço também a cada um de vocês que estão sempre aqui lendo o que eu escrevo. Tenho certeza que será um ano incrível, cheio de resenhas e novidades do grupo editoral letramento para vocês! 
Beijos!

13/02/2018

[Resenha] Dumplin' - Julie Murphy

| | 1 comentários
Titulo: Dumplin'
Autora: Julie Murphy
Ano de publicação: 2017
Numero de páginas: 336
Editora: Valentina
Gênero: New Adult
Adquira o livro: AmazonSubmarinoSaraiva
Sinopse: Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança
fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.


Olá amores como vocês estão?
Eu já começo esta resenha dizendo para vocês o quanto eu estou feliz por ter lido essa obra, tão necessária. Afinal não é todos os dias que encontramos na literatura protagonistas que fogem do padrão que nos é imposto pela sociedade, acredito que deveria ser diferente e nesse mundo deveria haver muito mais protagonistas como Willowdean.

11/02/2018

[Resenha] Rotas de fuga - Nina Spim

| | 14 comentários

Titulo: Rotas de fuga
Autora: Nina Spim 
Gênero: New Adult 
Skoob: Adicione
Adquira o e-book: Amazon
Sinopse: 
Seguir em frente é algo que Hollin ainda está descobrindo como fazer. De volta ao Brasil, depois de uma temporada na Inglaterra, ele precisa se adaptar à realidade de frequentar uma universidade, fazer amigos e conviver com a nova família de seu pai, assim como suavizar sentimentos inquietos de um passado ainda em aberto. Mesmo tão preso ao que o consome, reconhece emoções parecidas em Eleanor, uma colega que não revela muito ao mundo. Cada um com sua história a ser dividida, Hollin e Eleanor entendem que a morte e a vida podem ser aplicadas no amor, na confiança, na liberdade e na esperança. 

Olá pessoal tudo bem com vocês? Li o livro "Rotas de fuga"  da autora parceira aqui do blog, Nina Spim e é sobre este livro que vamos falar hoje.

Hollin é um jovem que está tentando superar o desaparecimento de uma garota que ele amava muito, e está voltando da Inglaterra para o Brasil com sua prima Celeste. Ele é um garoto tímido que está tentando aprender a lidar com a dor da perda.
Ao chegar ao Brasil depois de tanto tempo fora ele tenta se adaptar a sua nova realidade, além disso tudo ele ainda enfrenta um problema com seu pai, que é um homem muito sério e reservado e que parece não ter espaço para Hollin em sua vida.


09/02/2018

[Tag] Que tiro foi esse?

| | 1 comentários

Olá meus amores tudo bem com vocês? Desde o começo do ano Jojo Maronttinni arrasou com o hit "Que tiro foi esse" que está fazendo sucesso no Brasil inteiro, e virou até meme para nos fazer morrer de rir com videos de várias pessoas se jogando no chão haha. A Thais do Pronome interrogativo, criou uma tag literária baseada na música e eu resolvi vir aqui responder também!

06/02/2018

[Resenha] Filho das sombras - Julliet Marilier

| | 2 comentários

Titulo: Filho das sombras (Trilogia Sevenwaters #2)
Autora: Juliet Marillier
Ano de publicação: 2013 
Numero de páginas: 615
Gênero: Fantasia 
Editora: Butterfly
Compre: Saraiva | Submarino
Sinopse: Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as Ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, em que um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba sendo capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram...


Olá meus amores tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje vim contar para vocês um pouco sobre "filho das sombras", segundo livro da trilogia "Sevenwaters".Apesar de muitas pessoas dizer que não tem problema algum ler esta trilogia fora de ordem eu não recomendo, não irei contar spoleirs mas o próprio livro em si já traz respostas do primeiro livro então se você ainda não leu "Filha da floresta" recomendo que não leia a resenha ou fica por sua conta e risco haha. (Leia a resenha de "Filha da floresta" Aqui ).

04/02/2018

[Resenha] Um oceano no fim do caminho - Neil Gaiman

| | 5 comentários

Titulo: Um oceano no fim do caminho 
Autor: Neil Gaiman 
Numero de páginas: 208 
Ano de publicação: 2013
Gênero: Young Adult/ Fantasia
Compre: Saraiva  |  Amazon
Adicione: Skoob
Sinopse: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos.

Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.

Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Olá pessoal hoje vamos falar sobre "O oceano no fim do caminho" do autor britânico Neil Gaiman. Este é um livro bem curtinho e bem rápido de ser e apesar da leitura ter demorado para me prender ainda assim continuei a leitura e valeu a pena.

02/02/2018

[Resenha] Quase esquecidos - Hiran Murbach

| | 13 comentários
Titulo: Quase esquecidos
Autor: Hiran Murbach
Ano: 2017
Numero de páginas: 251
Editora: Soul editora
Sinopse: O que você faria se um dia descobrisse que toda a sua existência está em risco e, pior ainda, não há muita coisa que você possa fazer para evitar isso? É exatamente isso que acontece em “Quase Esquecidos”, uma obra de ficção que mistura fantasia e realidade e tem início no momento em que algumas criaturas do folclore brasileiro constatam um fato aterrador: as novas gerações estão deixando de conhecer a mitologia brasileira e, por causa disso, estes personagens folclóricos estão desaparecendo pois eles só podem existir enquanto lembrados.
Muito do nosso folclore já desapareceu nos dias atuais e os poucos que ainda sobrevivem precisam dar um jeito de reverter este quadro. A pergunta, no entanto, é como eles conseguirão fazer isso? E se conseguirão a tempo.



A palavra que define este livro para mim é "maravilhoso" se é que dá para definir a escrita do autor e toda mensagem que ele consegue nos transmitir. Eu adoro fantasia e quem já conhece o blog há algum tempo já deve ter percebido que apesar de amar o gênero é difícil que algum deles seja favoritado, mas "Quase esquecidos" de Hiran Murbach conseguiu quebrar esta barreira e ganhou meu coração.