07/03/2018

[Resenha] Bela maldade - Rebecca James

| |

Titulo: Bela Maldade
Autora: Rebecca James
Ano de publicação: 2011
Número de páginas: 304
Editora: Intrínseca 
Gênero: Thriller 
Adquira o livro: Livraria cultura 
Sinopse: Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade.
No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...

Olá meus amores tudo bem com vocês? Bela maldade é o primeiro livro de sucesso da autora australiana Rebecca James, e é um thriller psicológico  que narra a amizade entre duas garotas, Katherine e Alice. Após uma tragédia que deixou profundas marcas e que devastou sua família, Katherine resolve se mudar para outra cidade, para morar com sua tia Vivian. Seu maior desejo era poder recomeçar, com uma nova vida, em uma nova escola e ser uma garota normal de novo e para isso mudou até de sobrenome. 


Mas depois de algum tempo nesta cidade se isolando de tudo e evitando começar novas amizades, Katherine acaba conhecendo Alice, uma garota muito bonita, e amável, que acolhe Katherine de uma forma que ela volta a acreditar que merece ser feliz novamente. 

"Alice e eu temos mais em comum do que eu imaginava, e de repente me convenço de que tudo isso constitui uma coincidência tão extraordinária, que só é possível explica-la como uma espécie de sinal: um sinal de que nós duas estávamos destinadas a nos encontrar, que estava em nosso destino ficarmos amigas."

Através de Alice, ela conhece Robbie, um rapaz que é perdidamente apaixonado por Alice, mas que aparentemente só serve de brinquedo para a mesma, já que ele sempre atende aos seus caprichos. Mas o tempo vai passando e a cada dia que passa que passa, ela começa a perceber que Alice é uma pessoa muito egoísta, que gosta de chamar atenção, e que só pensa em si mesmo e como irá tirar vantagem dos outros. 

"Ninguém de fato é inteiramente bom. Pelo menos é o que eu acho. Tentar ser bom, ou ao menos tentar não ser mau, provavelmente é o mais perto que conseguimos chegar"

E fica cada vez mais difícil conviver com a amiga que um dia ela amou tanto, Alice não pensa duas vezes antes de magoar qualquer pessoa e isso faz com que Katherine finalmente perceba quem ela é de verdade, porém não será nada fácil se afastar da garota, que além de todos estes defeitos, também não aceita rejeição.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Katherine, em três momentos: primeiro após tudo que aconteceu, e ela já tem uma filha, segundo dela narrando a tragédia que devastou sua família, e o terceiro momento narrando como conheceu Alice, e como tudo aconteceu entre elas. No primeiro parágrafo já sabemos como a história irá terminar, porém isso não estraga e muito menos entrega tudo que aconteceu no livro.

Eu pensei tantas coisas sobre a protagonista, que se eu fosse escrever daria um livro também haha. Mas apesar de tudo ela me surpreendeu e muito. Não fui com a cara da Alice desde o início, mas achei que o foco ficou muito na protagonista e nas dores dela que a autora se esqueceu de desenvolver um pouco mais a Alice, que por ser a vilã da história merecia um pouco mais de destaque.

A narrativa me prendeu facilmente, e o desenvolvimento da história foi muito bem construído pela autora. Porém é um livro muito pesado e a cena da tragédia é muito angustiante mais é assim que passamos a entender mais ainda o porquê da protagonista se culpar tanto pelo que aconteceu.

Este livro já estava nos meus desejados a muito tempo, cheguei a comprar o ebook, mas como a edição é muito bonita eu só li depois que finalmente consegui adquirir o físico (não é um livro fácil de achar, infelizmente.) Mas valeu a pena ter esperado, a edição está muito bonita e bem caprichada, com folhas amarelas, um ótimo espaçamento entre as palavras, e além disso os capítulos são curtinhos tornando a leitura mais rápida. Recomendo para quem gosta de Thrillers que mexem com a gente, e que não se importa, assim como eu, de ler temas mais pesados.
Beijos!

6 comentários:

  1. Confesso que não curto muito livros que envolvem tragédias sabe? Me da um pouco de medo.
    big beijos

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente gostaria de elogiar seu blog! Ele é muito bem feito e organizado, assim como a postagem, apesar do livro não me agradar vou mostrar seu blog pra algumas amigas que amam literatura ♥

    ResponderExcluir
  3. Oiiie,
    Não é meu gênero preferido de livro mas,eu até que gostei da sinopse dele,eu ainda não conhecia e a capa me deu uma boa visão do livro!

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa resenha e a personagem Alice sem dúvida chama atenção pela personalidade duvidosa, estou curiosa pra saber o desfecho pra Katherine 😘

    ResponderExcluir
  5. Ahh esse livro é ótimo, a Alice me cativa, afinal todos nós temos o lado bom e ruim dentro de nós, e temos apenas que escolher qual deles usar.

    ResponderExcluir
  6. adorei a resenha, estou louca por este livro já faz algum tempo e vou tentar pega-lo em uma troca no skoob. ótima resenha

    ResponderExcluir