About Me

23 de mar de 2018

[Resenha] Romance com o duque - Tessa Dare - Castles Ever After #1

| |

Titulo: Romance com o Duque
Autora: Tessa Dare
Número de páginas: 256
Ano de publicação: 2016
Gênero: Romance de época
Editora: Gutenberg 
Compare & compre: Saraiva ✰ Amazon ✰ Livraria cultura
Sinopse: “Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática.”
A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.
Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.
Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.
Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque…

Olá amores tudo bem? Romance com o Duque é o primeiro livro da série Castles Ever After,e neste primeiro livro conhecemos Izzy, uma mulher de vinte e cinco anos que acaba de perder seu pai, que era escritor mas morreu e acabou passando toda a sua herança para um primo de Izzy que a odeia.

Sem ter para onde ir e totalmente sem dinheiro, Izzy recebe uma carta que diz para que ela vá a um castelo encontrar um lorde que tem alguma herança para entregar a ela. Mas ao chegar a um castelo em ruinas e com cara de lugar abandonado, Izzy descobre que há alguém morando lá ainda e que ela tinha herdado aquele castelo. Porém o Duque que ainda morava ali, escondido de tudo e de todos se recusou a se mudar, alegando que não tinha vendido o castelo e que tudo com certeza não passava de um engano, que não iria deixar que ela passasse nenhuma noite ali, e que não aceitaria nenhum tipo de acordo para compartilhar o castelo com Izzy por um tempo até que tudo estivesse resolvido.



"Ele não podia deixá-la ocupar o castelo. Qualquer tipo de acordo para que "Compartilhassem" o lugar estava fora de questão. Mas, afinal, que tipo de pessoa era ele? Um bruto cruel, insensível, disposto a enxotar de casa, à noite, uma jovem indefesa?"

Após não conseguir jogar a jovem para fora do castelo, o Duque decide deixá-la passar a noite por lá, porém começa a colocar defeitos no lugar, para que ela desistisse e assim fossem embora correndo. Mas ele ainda não tinha entendido que esta era a única escolha de Izzy e que ela realmente não tinha para onde ir. Não importava se o castelo tivesse fantasmas, ratos e estivesse aos pedaços. Este era o único lugar, que ela tinha dali pra frente para viver.

"A não ser por suas roupas e um conjunto de brincos de pérola que sua tia Lilith lhe deixou, O castelo Gostley era a primeira coisa que Izzy possuía que valia mais que uma libra.
Ela não abriria mão daquilo.
Naquela noite não haveria morcego, rato, fantasma ou duque que a assustaria"

Logo no início do livro, é revelado uma deficiência do Duque, que é o que torna toda a história diferente de muitos romances de época. O duque é um homem sozinho, que após sofrer uma tragédia se isolou do mundo, e se descuidou de si mesmo. Já Izzy é uma mulher determinada e inteligente, que não deixa se abalar facilmente. O seu pai, era escritor e por isso Izzy cresceu em meio aos contos de fadas, mas ela já tinha aprendido que a vida real era diferente, e que ninguém a amaria, pois para ela sua beleza era algo muito comum, que não chamava atenção de ninguém e que todos a via como a mocinha dos contos de fadas de seu pai, e por isso ela não se casou e percebeu que príncipe encantado não existe.

Mas desde que Izzy olhou para o Duque pela primeira vez ela se sentiu atraída por aquele homem misterioso, e arrogante que esconde a história do seu acidente e que gosta de se esconder do mundo. O Duque também se sentiu atraído por ela, mas pretendia esconder isso até a o fim, ele não queria se apaixonar, não se achava digno disso, mas ainda não sabia como seria difícil ficar longe de Izzy.

"Ele precisava de alguém que o tratasse como uma pessoa. Não como um duque intocável, mas um homem digno de receber carinho."

O livro é narrado em terceira pessoa, mas conseguimos perceber ao longo de todo o livro o que os dois personagens principais pensam. O duque é um personagem que eu geralmente costumo não gostar – pois no início ele é muito arrogante, e cheguei a pensar que ele nunca mudaria, mas a autora soube desenvolver ele e Izzy de uma maneira leve, para que o leitor possa ir percebendo o crescimento de cada um separadamente.

Izzy é uma personagem muito carismática, assim como Srta. Pelham (vizinha do duque e fã das histórias do pai de Izzy) e Ducan, o fiel criado do duque. Ambos que apesar de serem personagens secundários, fizeram toda a diferença para o desenvolvimento da história.

Por causa desta deficiência do duque (que não irei contar qual é para não dar spoilers) a trama, para mim é bem original, a história flui rápido, conseguiu me prender logo nas primeiras páginas, e a edição está bem bonita, com uma diagramação delicada, com letras de ótimo tamanho (minha visão míope agradece haha) e bom espaçamento entre as palavras. O livro vale muito a pena, e eu já estou ansiosa para ler os outros livros da série.

Beijos!

5 comentários:

  1. Tudo nesse livro me chamou a atenção desde capa até a sinopse e como deve ser o desenrolar da história. quero muito ter

    ResponderExcluir
  2. Capas elaboradas me conquistam fácil. O tema central também é envolvente e me parece um livro que eu leria numa boa. Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  3. Já fui atraída primeiro pela capa, gente que coisa mais linda essa capa e depois me atraiu mais ainda ao saber que era romance de época, o que eu quero ainda mais ler para aumentar a minha leitura nesse gênero então eu amei a dica e a sua resenha é maravilhosa <3 Arrasou

    ResponderExcluir
  4. Nossa amei a história. Adoro os livros de tomance e mais ainda quando envolve dd alguma forma as crenças por contos de fadas.

    ResponderExcluir
  5. Depois de ler essa sinopse fiquei correndo de vontade de ler o livro!!

    ResponderExcluir