}

16 de abr de 2018

[Resenha] A profecia de Midria ( Série Os mistérios de Warthia #1) - Denise Flaibam


Titulo: A profecia de Mídria
Autora: Denise Flaibam
Número de páginas: 304
Ano de publicação: 2015
Editora: Mundo Uno
Gênero: Fantasia
Onde comprar: Amazon ✰ Loja Mundo Uno
*Livro cedido em parceria com a editora*
Sinopse: SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM…
À sua maneira. Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada; um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la!
E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar.
Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.


" - Você é especial, minha cara, mas não tem ideia do quanto. Livros já falavam sobre você muito antes que você nascesse..."

Olá amores tudo bem com vocês? A profecia de Mídria é o primeiro livro da série Os mistérios de Warthia, e nele conhecemos a história da jovem e corajosa Serafine Delay, que quando ainda era apenas um bebê foi abandonada na porta de seus pais adotivos, que não conseguiam conceber uma criança e por isso criaram Serafine com muito amor e carinho.

Serafine cresceu em uma pequena e pacata cidade, chamada Vila do Sol, e tinha uma vida completamente normal, apesar de possuir desenhos misteriosos por todo o corpo. Por isso, Serafine as escondia debaixo das roupas e de muita maquiagem. Mas quando a garota estava comemorando seu décimo oitavo aniversário, a cidade foi invadida por criaturas misteriosas que destruíam tudo e todos em que tocavam e estas criaturas estavam atrás de Serafine, que conseguiu fugir sendo salva por dois estranhos, e depois disso a vida dela mudou totalmente.

 
"Podia-se dizer que Serafine era uma garota diferente de tudo o que aquele reino já vira. A começar por sua personalidade, que era bem diferente, excêntrica para os padrões esperados: em vez de delicadeza e dedicação em se tornar a perfeita futura dona de casa, Serafine tinha o espírito de guerreira."

E assim, Serafine acaba descobrindo o porquê daquelas criaturas estarem atrás dela, e o porquê de ter aqueles desenhos por todo o corpo. Ela terá uma longa jornada com estes dois desconhecidos, que são seus guardiões, que além de protege-la irão treiná-la e ensinar a ela, como usar todos os seus poderes, pois ela é a única que poderá salvar Warthia, daquela que vem das trevas.


" - O tempo deixa marcas, ainda mais quando você percebe que o mundo não é cheio de bondade e de pessoas que querem seu bem. Há sombras por todos os lados."

Nunca li uma fantasia nacional tão incrível quanto A profecia de Mídria, que conta com uma narrativa em terceira pessoa, tão cativante que me prendeu logo nas primeiras páginas (sem contar que fiquei apaixonada tanto pela capa, quanto pela diagramação do livro, que está tão linda que eu não poderia deixar de falar sobre isso aqui, afinal, nós leitores adoramos uma boa história mas amamos ainda mais quando o trabalho gráfico é também é bonito, não é mesmo?!).
Serafine é uma protagonista forte e muito corajosa que desde o início, se mostrou capaz de tudo a que foi destinada. Agora ela descobre mais sobre si mesmo e mergulha em um novo mundo, cheio de criaturas mágicas, e muita ação. O livro apresenta uma trama bem construída e bem desenvolvida, sem enrolação e com muita aventura que faz com que a leitura seja muito envolvente. Quando você percebe já está na página cem, totalmente absorto na história.

A forma como a autora trabalhou na protagonista sem deixar de dar um certo destaque para outros personagens que também foram bem trabalhados, tornando a história tão marcante, foi outro ponto que me fez gostar tanto deste livro, que com certeza é uma das melhores fantasias que eu já li e recomendo sem medo de errar.
Beijos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário