About Me

17 de set de 2018

[Resenha] Não voltarás - Hans Koppel

| |

Titulo Original: Kommer Aldrig Mer Igen
Autor: Hans Koppel 
Ano de publicação: 2014
Número de páginas: 294 páginas
Gênero: Thriller 
Editora: Verus editora 
Adquira o livro: Amazon ✰ Saraiva
Sinopse: UM SUSPENSE ANGUSTIANTE QUE VEM ARREBATANDO LEITORES NO MUNDO INTEIRO
Mike Zetterberg vive com a esposa Ylva e a filha do casal numa pequena cidade praiana na Suécia. Uma noite, Ylva não volta para casa depois do trabalho. Mike acredita que ela só foi tomar um drinque com as amigas, mas, quando ela não aparece na manhã seguinte, ele começa a se preocupar. Enquanto Mike lida com as suspeitas da polícia e com o próprio desespero, ele nem desconfia de que sua esposa está viva e a apenas alguns passos de casa, presa num porão do outro lado da rua, atraída para uma trama horripilante de punição e vingança. Uma câmera de vigilância lhe permite ver sua família pela tela da TV. Eles não podem vê-la — e certamente não podem escutar seus gritos desesperados de socorro...
Não voltarás é um livro eletrizante, que vai prender os leitores da primeira à última página.
· Mais de 100 mil cópias vendidas na Suécia e mais de 60 mil no Reino Unido.
· “O ritmo de filme de ação se combina com o tom clínico de manual de psicologia para fazer deste thriller de Koppel — campeão de vendas em sua Suécia natal — uma leitura arrepiante.” – Publishers Weekly (Verus editora)





Olá amores tudo bem?

Que saudade que eu estava de ler um dos gêneros que eu mais adoro nessa vida: Thrillers!

Mike Zetterberg é casado com Ylva e mora com ela e com a filha na Suécia. Eles viviam uma vida normal até que um dia Ylva, sai para trabalhar em uma sexta feira dizendo que talvez irá sair com os colegas de trabalho na saída, porém naquela noite Ylva não volta e devido a atitudes que Ylva teve no passado, Mike até desconfia que não seja nada demais, que a esposa apenas resolveu passar a noite com alguém e esqueceu da vida.



Mas dias se passam, e Ylva não volta, e segundo sua amiga de trabalho mais próxima, Ylva nem sequer saiu com os amigos naquela sexta feira, e que disse que iria para a casa.

“Ou talvez não. Ylva tinha mencionado que talvez saísse para tomar uma taça de vinho com os colegas depois do trabalho. Mike teria coragem de ligar? Provavelmente não. Ele não iria querer parecer fraco. Quando ele perceberia que algo estava errado".


Quando Mike finalmente procura pela polícia para falar sobre o desaparecimento da esposa, o caso é tratado como se não fosse de muita importância e Mike questionado pela sua insegurança ao ligar para a esposa depois do desaparecimento dela. Os meses se passam e Mike vai aprendendo a conviver com a falta da esposa, se nem sequer imaginar que ela estava a poucos passos de distância, sequestrada e sofrendo no porão de um dos seus vizinhos.


Este porão em que Ylva está, foi construído exatamente para ela, e é a prova de som. Por isso apesar de estar tão perto de casa, gritar não adianta nada, pois ninguém fora daquele porão conseguirá ouvi-la. O plano de seus sequestradores é fazer com que ela mesma se mate, porém, enquanto ela não pensa em suicídio ela sofre todo tipo de tortura psicologia e sexual. Tudo movido a vingança. Este casal que a sequestrou viveu sua vida toda planejando se vingar de Ylva.


O livro é narrado em terceira pessoa com capítulos intercalados entre Ylva e Mike. A narrativa do autor é fluida e me prendeu logo no início, com o sequestro de Ylva e me manteve curiosa até o final, pois em momento algum durante a história foi revelado o porquê Ylva estava sendo vítima de uma vingança tão sórdida. Porém o final foi um dos pontos que me decepcionou na história, pois foi um final corrido e quando finalmente foi revelado o porquê Ylva tinha sido sequestrada, não me surpreendeu. Talvez seja pelas minhas expectativas que só cresciam a cada página lida, mas infelizmente eu esperava mais daquele final.

Algo em Mike também me incomodou, mas o tempo todo tentei me colocar no lugar dele, pois no começo o fato de Ylva ter sumido por uma noite poderia ser qualquer coisa, até mesmo traição. Sendo assim, acredito que ele não amava a esposa, mas deveria ter corrido atrás de polícia invés de ficar com questionamentos pessoais. E quando ele finalmente fez isso a polícia também não deu a mínima e tratou o desaparecimento de Ylva como qualquer caso banal.

Mas o desenvolvimento dos personagens, principalmente o de Mike foi algo interessante. As outras pessoas que também faziam parte do grupo de Ylva na adolescência também teve um bom desenvolvimento, apesar de terem aparecido muito pouco, tudo que foi mostrado pelo autor sobre o grupo foi extremamente importante pra história.

Enfim, Não voltarás é sim um livro eletrizante, que prende o leitor do início ao fim, e que apesar de não atender as minhas expectativas, eu recomendo muito se você gosta de thrillers
Beijos!

9 comentários:

  1. Gosto muito do tema do livro, pois prende a atenção do leitor do início ao fim, não conhecia, achei muito interessante e me deu vontade de ler. Gosto de livros narrados na terceira pessoa.

    ResponderExcluir
  2. Olá Jaqueline,

    Fiquei super curiosa pra saber o motivo de uma vingança desse tipo. O que será que a Ylva fez pra esse casal de vizinhos? Tô chocada!!! Só com a sua resenha já fiquei arrepiada. Deve ser uma história incrível!
    Pena que o final não atendeu as suas expectativas. Odeio quando acontece isso com os livros assim que eu leio. Gosto de ser surpreendida.
    Mas confesso que, mesmo com a sua decepção pelo final, fiquei mega curiosa. Acho que vou comprar pra ler.
    Parabéns pela resenha.

    Grande beijo,
    Letícia Franca | Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Que história espetacular! Achei bem interessante o fato da narrativa intercalar entre Mike e Ylva, assim vai mantendo o suspense bem amarrado. Ao ler sua resenha fiquei ainda mais curioso para saber a história. Quero ler logo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jaque! Sua resenha transmitiu bastante o sentimento que teremos ao ler esse thriller!
    Sobre o fato de um livro não atender as nossas expectativas, seria interessante a interação dos fãs da obra reescrevendo o final através de um Fanfic! Assim as expectativas não morreriam no final do livro ^^

    Beijos e sucesso!
    Mayara Santos | Portal MUI Content
    https://medium.com/mui-content

    ResponderExcluir
  5. Olá! Gostei demais da sua resenha, embora o gênero do livro não seja um dos meus preferidos eu gostei do enredo e parece ser bem interessante. Vou colocar na minha lista pra pesquisar mais sobre e quem sabe não arrisco num genero novo.

    ResponderExcluir
  6. Aí eu amo tanto livro tenho tantos livros para ler e sempre que eu vejo uma sinopse nova da vontade de adicionar mais livro a minha lista sem fim.

    ResponderExcluir
  7. Eu amo esse gênero, esse livro me lembrou do filme 3096 dias, que uma garotinha é pega por um psicopata e fica presa lá, histórias assim são eletrizantes mesmo. Vou por este livro nas minhas anotações, mesmo o final não atendendo sua expectativa, fiquei curioso para saber o desenrolar do enredo. Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Jaque, tudo bem?
    Sua resenha ficou ótima, não deu spolier, e aguçou minha atenção sobre o porque ela foi sequestrada. Embora adore thiler, muiots não estão de acordo com nossas expectattivas, porque já estamos muito exigente. rsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Jaque! SOCORRO. Que coisa maluca é essa? Imagina você sequestrada pertinho de casa e não conseguir pedir ajuda? Pior, ter esse sequestro planejado por anos. Confesso que essa é a minha maior curiosidade. Agora o Mike, hhmmm, ao mesmo tempo que acho ele um idiota de já não ter ido correndo pedir ajuda pra procurar a mulher, fico com pena, porque ele achava que ela tava traindo ele. Imagina a cabeça desse homem também?! Agora, quando um final de thriller nos decepciona, é o pior de tudo. Odeio isso. Sinto quase uma leitura vazia. Mas fiquei hiiiiiiiiper curiosa com esse, por toda a premissa. Vou procurar! Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir