About Me

5 de out de 2018

[Resenha] Menina boa Menina má - Ali Land

| |

Titulo original: Good Me, Bad Me
Autora: Ali Land
Ano de publicação: 2018
Número de páginas: 378 pág.
Editora: Record
Gênero: Thriller
Adquira o livro: Amazon ✰ Saraiva
Sinopse: Os corações das crianças pequenas são órgãos delicados. Um começo cruel neste mundo pode mudar para sempre o seu destino

Nome novo. Família nova. Eu. Nova. Em folha.
A mãe de Annie é uma assassina em série. Um dia, Annie a denuncia para a polícia e ela é presa. Mas longe dos olhos não é longe da cabeça. Os segredos de seu passado não a deixam dormir, mesmo Annie fazendo parte agora de uma nova família e atendendo por um novo nome — Milly.

Enquanto um grupo de especialistas prepara Milly para enfrentar a mãe no tribunal, ela precisa confrontar seu passado. E recomeçar. Com certeza, a partir de agora vai poder ser quem quiser...
Mas a mãe de Milly é uma assassina em série.

E quem sai aos seus não degenera...






Olá amores tudo bem?
Sabe aquele livro que você corre pra ler pois depois de ler algo sobre ele fica cheio de expectativas e no fim ele não te decepciona? Este livro é Menina boa Menina má.
Aos quinze anos Milly decide que não quer mais aquela vida pra ela. A mãe, uma psicopata que já matou inúmeras crianças e comete atos terríveis com Milly não sabe que a filha finalmente teve coragem para denunciá-la a polícia.


“Contei a história outra vez. E de novo. A mesma história. Rostos diferentes me observaram, ouvidos diferentes me escutaram. Eu contei tudo para eles.
Bem.
Quase tudo”

Após a prisão de sua mãe, Milly foi levada para morar temporariamente na casa do psicólogo, que além de cuidar de Milly e prepará-la para o julgamento de sua mãe, também está escrevendo um livro sobre ela.

Mike, tem uma esposa que é uma mãe um pouco ausente, e por isso possui uma relação um pouco balançada com a filha Phoebe. E após começar a morar com esta família, Milly vai conhecendo os problemas da família também e passa a sofrer Bullying de Phoebe na escola. A garota diz estar cansada de ver seu pai trazendo crianças para morar temporariamente com eles, mas faz questão de deixar claro para Milly que ela é só mais uma e que logo estará bem longe dali.
Phoebe é uma garota perversa, que não pensa duas vezes antes de ferir alguém emocionalmente e até fisicamente. O que ela faz com a Milly chega a ser muito cruel, mas apesar disso, Milly resolve não contar nada a Mike e faz pequenas vinganças com a garota.
Enquanto passa por tudo isso, Milly se prepara para enfrentar sua mãe nos tribunais. Ela é a testemunha chave deste caso que a mídia nomeou de “O caso da assassina Peter Pan”. Milly se pergunta todos os dias e sofre com as possibilidades de ser igual a mãe.

“Achei que você seria menos dona de mim depois que eu a entregasse, mas as vezes tenho a sensação de que é ainda mais.”

Será que as crianças também são capazes de herdar ou desenvolver os mesmos traços de maldade de pais psicopatas?

 

O livro é narrado em primeira pessoa por Milly. E desde o primeiro momento me peguei pensando se ela seria tão má quanto a mãe, mas com o desenrolar da história fui criando cada vez mais teorias sobre este livro que me prendeu logo nas primeiras páginas. O desenvolvimento de Milly foi impecável e isso fez com que a história se tornasse ainda mais marcante.

Apesar de todas as teorias que criei envolta de todo enredo desta história, no fim a autora ainda conseguiu me surpreender e muito. Porque por mais que eu esperasse algo do tipo, eu não esperava que terminasse do jeito que terminou. Terminei este livro e fiquei olhando para o teto um bom tempo refletindo sobre tudo que eu tinha acabado de ler.

A autora soube desenvolver a história e os personagens secundários também. Nos fazendo perceber não só o que se passava com Milly, mas com a família de Mike e tudo ao redor da menina também. E todo este desenvolvimento foi muito importante para a história.

Menina Boa Menina Má, com certeza é um dos melhores thrillers que eu já li. É um livro que faz jus ao gênero, trazendo uma trama cativante, diferente e cheias de reviravoltas. Então se você gosta de Thrillers, tenho certeza que irá devorar Menina Boa Menina má, assim como eu!

Beijos!

6 comentários:

  1. Excelente post.
    Não conhecia o blog, mas acho que cumpre a sua missão.
    Apelar à leitura.
    E tens jeito para analisar livros.
    Gostei.


    :)

    ResponderExcluir
  2. Nâo conheço a autora, mas o post aguçou-me a curiosidade :). Fica na lista dos desejados.

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro livro de suspense e achei a história bem interessante. Adicionei a minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse gênero de leitura, portanto fiquei bem curioso com o desenrolar dessa trama e quero ler essa obra na íntegra. Anotada a dica.

    ResponderExcluir
  5. Oi Jaque!

    Fiquei super curiosa com o desenrolar da história. Adoro quando um livro que tenho uma expectativa alta consegue superar essa expectativa. Ainda melhor quando tem um final que nunca imaginaríamos e que nos surpreende mesmo com todas as nossas teorias.
    Já vou colocar a dica na lista porque quero muito saber o que acontece com a Milly.
    Parabéns pela resenha.

    Grande beijo,
    Letícia Franca | Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. A Leitura se torna muito produtiva quando livro brinca com a nossa mente. Já tinha lido uma outra resenha desse livro, e também abordava pontos positivos. Não vou mentir que fiquei bastante interessada.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir