04/11/2018

[Resenha] O segredo da caveira de Cristal - Mallerey Cálgara #livro 1

| |

Titulo: O segredo da caveira de Cristal
Autora: Mallerey Cálgara
Ano de publicação: 2015
Número de páginas: 326
Gênero: Fantasia
Editora: Mundo Uno
Adquira o livro: Saraiva  Amazon  Livraria Cultura
Sinopse: Os habitantes de Heilland, cansados de décadas de guerra e fome, depositaram todas as suas esperanças no Rei Alphonsus, que governava com justiça e bondade. As esperanças cresceram com a notícia de que a Rainha Arápia estava grávida de gêmeos, embora muitos, no castelo, assegurassem que uma nova guerra estava sendo travada no ventre da soberana.Os gêmeos nasceram e, com o passar do tempo, Heilland compreendeu que havia um novo inimigo, ainda mais implacável: o sombrio futuro Rei. Dor, ódio, sangue, traição, passaram a fazer parte da rotina do castelo, restando ao mago Mongho e à futura Rainha Driadh a perigosa busca por respostas!
Embarque nessa aventura cheia de mistérios e lutas pelo poder.





Olá amores!

Eu recebi o livro O segredo da caveira de Cristal de Mallerey Cálgara em parceria com a editora Mundo uno, e li o livro com altas expectativas, já que este ano li o livro “Beco da ilusão” da mesma autora e amei, mas desta vez se trata de uma fantasia que também não me decepcionou e que me fez devorar cada página.

Neste livro conhecemos Heilland. Um lugar que já enfrentou décadas de guerra e fome, e que teve seu momento de paz quando Rei Alphonsus assumiu o trono e passou a governar com muita justiça e sabedoria, renovando a confiança do povo de Heilland em seus líderes. Com o anuncio da gravidez de gêmeos da rainha Árapia o povo ficou ainda mais feliz, acreditando que assim, o legado do Rei Alphonsus teria continuidade. Sendo assim, a primeira criança que nascesse seria o futuro rei.

Mas o que ninguém esperava era que os gêmeos nasceriam cada um com sua personalidade marcante, e que a primeira criança a nascer, não se tornaria um adulto tão sensato assim. Sulco era ganancioso e mal. Logo, o povo de Heilland começou temer por seu futuro nas mãos de Sulco, o gêmeo mais velho. Enquanto Heian era bondoso e gentil, mas não se tornaria o rei, por ser o último bebê a nascer.



“ ― Um é o oposto do outro. O que nasceu primeiro é forte, arrogante, corajoso, saudável e... - Fez uma pequena pausa para olhar Sulco a sua frente. O príncipe ria, sabendo que se referia a ele.”


Mas na cerimônia de posse, o rei surpreendeu a todos anunciando que o rei seria Heian, o que acabou despertando a ira de Sulco, que esperou por este momento a vida inteira e que a partir deste momento jurou vingança, selando um futuro de muita dor, ruína e sofrimento novamente para Heilland.

O livro é narrado em terceira pessoa, e a autora nos transporta para uma narrativa original cheia de aventuras e rica em detalhes. Um universo apaixonante, nos apresentando até a linguagem do povo de Heilland, o que tornou a leitura ainda mais envolvente.

A trama conseguiu me prender do início ao fim, com personagens tão bem construídos que me peguei sentindo falta de cada um depois que cheguei ao fim da história. E a edição, está linda, com letras confortáveis para ler e uma diagramação impecável.

Eu sou apaixonada por fantasia, e esta é mais uma que me deixou totalmente envolvida e que eu indico para quem gosta de fantasia com reinos medievais, cheios de batalhas e com um final que te faz querer correr pra ler o próximo livro!
Beijos!

10 comentários:

  1. Fantasia não é o meu gênero favorito, mas uma estória com intrigas familiares e jogos de poder são sempre interessantes ne?
    Adorei a resenha! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Malu. Dê uma chance, quem sabe você acabe gostando!

      Excluir
  2. Olá,

    Não conhecia o livro, mas a sua resenha me deixou bem interessada. Gosto de fantasias que são bem feitas, o que parece ser o caso deste livro. Saber que é uma história original e cheia de aventuras me faz querer ler agora. Já anotei a dica e espero poder ler em breve. Parabéns pela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice! Depois que ler, vem me contar o que achou ta?!

      Beijos

      Excluir
  3. Olá, ainda não conheço esse livro, mas gosto muito desse gênero e pela resenha me pareceu uma ótima opção.
    parabéns pelo blog!
    Emerson Lemes.

    ResponderExcluir
  4. fantasia so leio os livros de jogos, pois não é o meu genero favorito rsrs mas gostei muito de todo esse jogo de poder que envolve o livros

    https://www.luartico.com/

    ResponderExcluir
  5. AAAAAA mais uma fantasia que preciso ler urgentemente, tenho lido várias resenhas sobre o gênero, e a sua é uma das que me cativou pelo livro, vou adicionar na minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Que dica bacana, não conhecia este livro, mas amo uma aventura, principalmente quando consegue prender o leitor.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha ouvido falar desta autora. Mas ainda não li nada dela. Estas histórias de fantasia com disputa ao trono sempre rendem Boas histórias. No próximo ano a meta é colocar pelo menos um nacional por mês, este vai pra lista beijos

    ResponderExcluir