RESENHAS

FILMES

SÉRIES

[Retrospectiva 2018] Livros emocionantes

by - 17:33




Eu adoro um livro emocionante, que me faça sentir diversos sentimentos, mas confesso que isso é bem difícil de acontecer comigo. Por isso, agora que 2019 já está quase chegando resolvi vir mostrar para vocês quais foram os livros mais emocionantes que eu li neste ano!


Dias de despedida - Jeff Zetner: Este foi um dos primeiros que me emocionaram este ano. É um livro com uma premissa pesada, mas com um final emocionante.
Já tem resenha dele por aqui
Sinopse: Uma história tocante sobre luto, amizade e superação, que mostra que os pequenos momentos com as pessoas que amamos são o que realmente importa — e o que as torna inesquecíveis.Cadê vocês? Me respondam.
Essa foi a última mensagem que Carver mandou para seus melhores amigos, Mars, Eli e Blake. Logo em seguida os três sofreram um acidente de carro fatal. Agora, o garoto não consegue parar de se culpar pelo que aconteceu e, para piorar, um juiz poderoso está empenhado em abrir uma investigação criminal contra ele.
Mas Carver tem alguns aliados: a namorada de Eli, sua única amiga na escola; o dr. Mendez, seu terapeuta; e a avó de Blake, que pede a sua ajuda para organizar um "dia de despedida" para compartilharem lembranças do neto.
Quando as outras famílias decidem que também querem um dia de despedida, Carver não tem certeza de suas intenções. Será que eles serão capazes de ficar em paz com suas perdas? Ou esses dias de despedida só vão deixar Carver mais perto de um colapso — ou, pior, da prisão? 



As coisas que fazemos por amor - Kristin Hannah: Neste livro encontramos duas mulheres; uma desejava ter um filho e viu seu casamento desmoronar atrás desta busca e a outra é apenas uma adolescente vivendo com uma mãe totalmente irresponsável e que não liga pra ela. Quando o caminho das duas se cruzam, só podemos esperar uma história linda e cheia de superação!
Confira a resenha aqui
Sinopse: Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados.
Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre.
Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor.
Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.


Fale! - Laurie Halse Anderson: Da mesma autora de "Garotas de vidro", conhecemos uma história que fala sobre estupro e bullying. É um livro triste e marcante.Confira a resenha aqui
Sinopse: “Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra (insultos e deboches, sim) ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.
Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?


O diário de Anne Frank: Eu li este livro esta semana e por isso ainda não tem resenha dele por aqui. Mas eu garanto que é impossível não se emocionar com este diário, escrito por uma garota escondida dos nazistas e que mesmo tão jovem, tinha uma visão muito sensata sobre tudo que estava acontecendo naquele momento. A carga emocional da história para mim, se deu principalmente pelo fato de ser uma história real, que mostra o quanto o ser humano pode ser cruel e que não mudou nada, mesmo depois de tantos anos após a segunda guerra.

Sinopse: Diário de Anne Frank" é um livro escrito por Annelies Marie Frank entre 12 de junho de 1942 e 1º de agosto de 1944 durante a Segunda Guerra Mundial. Em 9 de julho 1942, Anne, seus pais, sua irmã e outros judeus (Albert Dussel e a família van Daan) se esconderam em um Anexo secreto junto ao escritório de Otto H. Frank (pai de Anne), em Amsterdã, durante a ocupação nazista dos Países Baixos. Inicialmente, Anne Frank usa seu diário para contar sobre sua vida antes do confinamento e depois narra momentos vivenciados pelo grupo de pessoas confinadas no Anexo. Em 4 de agosto de 1944, agentes da Gestapo detiveram todos os ocupantes que estavam escondidos em Amsterdã. Separaram Anne de seus pais e levaram-nos para os campos de concentração.


Amigos para a vida - Andrew Norriss: Chega de tristeza! Vamos falar de um livro emocionante, com uma mensagem linda de amizade, superação e esperança, este livro sem dúvidas é Amigos para a vida! Terminei de ler esta obra com o coração quentinho e feliz de saber que existem obras tão lindas e importantes assim, no mundo.
Confira a resenha aqui

Sinopse: Francis não tem amigos. Ele sofre bullying porque é diferente. Em casa, vive trancado no sótão, onde tem uma fabulosa coleção de bonecas vestidas com roupas que ele mesmo cria. Adora moda e pediu de aniversário uma máquina de costura.
Um certo dia na escola, na hora do intervalo, Francis vai se sentar num banco, no lado mais afastado do pátio, porque prefere a solidão a ser zoado.
Mas nesse dia, sentindo-se triste, ele vê alguém atravessar o gramado na sua direção. É uma menina de mais ou menos a sua idade, embora não a reconheça como aluna da escola. Ela se senta na outra ponta do banco, em silêncio.
Francis fica curioso. E então lhe estende a sua caneca de chá. A menina olha para ele, surpresa e chocada. Afinal, ela é um fantasma, chama-se Jessica, e Francis é a primeira pessoa que consegue vê-la desde que ela morreu.
Entre os dois surgirá uma amizade extraordinária e transformadora.
Amigos para a vida é uma delicada história de amizade – e seu poder transformador – entre quatro adolescentes fora dos padrões dominantes, celebra o direito de ser diferente e é leitura obrigatória para todos que combatem o bullying. Um livro divertido, corajoso e genuinamente emocionante.


2018 foi um ano repleto de leituras emocionantes para mim! Mas me conta, quais foram os livros que mais te emocionaram em 2018?


Beijos!

You May Also Like

7 Comments

  1. Olá!
    Ainda não li os livros que você mencionou, mas tenho certeza que são bastante emocionante. Pela premissa, podemos sentir.
    Tenho interesse no livro da Anne Frank há muito tempo e tenho certeza que vou chorar muito durante a leitura.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Dias de despedida eu li e fiquei morta dura estirada no chão com a leitura. Amei demais, Anne Frank eu li, mas não gostei muito, mas só porque a personagem não me convenceu muito. Os outros ainda não conheço, vou procurar conhecer.

    Parabéns pelo post! <3

    ResponderExcluir
  3. Oi Jaque, tudo bem?

    Dos livros que você citou, só li "O Diário de Anne Frank" e "Dias de Despedida" e chorei horrores nos dois, foram livros que me marcaram bastante na vida. Quero muito ler o Fale!, pois tem um assunto que me deixa curiosa e que creio que irei gostar.
    O livro que mais me emocionou no ano foi "Dias de Despedida", é lindo demais!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Da sua lista O Diário de Anne Frank e Fale são dois livros que estão na minha fila pra serem lidos.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que não conhecia nenhum deles. Sério!!!
    Mas gostei muito da sua indicação vou já providencia-los!!!
    Bjs,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Confesso que esse ano eu fugi um pouco de livros emocionantes, não estava numa vibe muito legal, sabe?!
    Mas achei bem legal sua lista!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir