28/11/2018

[Resenha] Casulos - Ricardo Mesquita

| | 12 comentários

Titulo: Casulos -  Livro 1
Autor: Ricardo Mesquita
Ano de publicação: 2018
Número de páginas: 152
Gênero: Ficção cientifica/Fantasia
Editora: Lura
Skoob: Adicione
Adquira o livro: Amazon ✰ Livraria da Lura
Sinopse: Um homem sem lembranças concretas de si mesmo e de seu passado acorda num casulo gelatinoso de cor âmbar. Ao mesmo tempo que tenta sobreviver num mundo deteriorado e, aparentemente, sem ninguém, busca também por respostas sobre si mesmo e sobre o que aconteceu. Acordando sempre no primeiro raiar de sol e dormindo sempre na alvorada, Adam divide o seu dia alternando entre o “Mundo dos Casulos” e o “Mundo do Hospital”. Pouco a pouco, descobre o que de fato está acontecendo consigo e com as outras pessoas ao redor.
*Livro recebido em parceria com a editora*




Olá amores tudo bem?

Recebi em parceria com a Lura Editorial o livro Casulos de Ricardo Mesquita, e este é o primeiro livro da trilogia que leva o mesmo nome.

Neste primeiro livro, conhecemos Adam já acordando dentro de um casulo de cor âmbar, saindo dele e descobrindo como tudo parece ter mudado no mundo enquanto ele esteve dentro daquele casulo. Ele não faz a mínima ideia de como foi parar ali e o porquê, e também não se lembra de nada da sua vida e percebendo que precisava de respostas decide retirar um outro casulo que também estava na mesma lagoa que o ele, descobrindo um homem que mais tarde se denominaria como Roger, se juntando a ele naquela realidade totalmente desconhecida.



“(...) Imaginei que era daquele jeito que um feto deveria se sentir dentro de um útero materno. Mas eu não era um feto! E aquilo definitivamente não era um útero. Parecia um... casulo!”

Como se fosse apenas um pesadelo, de repente Adam acorda em um quarto de hospital, aonde quase não consegue sequer falar e Roger também está ali, mas agora ele é seu médico. Sabendo que aquilo era real demais para ser apenas um sonho ou um pesadelo, Adam se vê dividido entre dois mundos: O mundo do hospital e um mundo dos casulos pós-apocalíptico com criaturas estranhas.

A história alterna entre estes dois mundos, sendo narrado por Adam e por isso, assim como ele vamos descobrindo aos poucos sobre tudo que está se passando nestes dois mundos junto com os protagonistas, e nos vemos tão curiosos quanto ele. Conforme Roger e Adam vão abrindo casulos em um mundo, algumas destas pessoas também vão surgindo na outra realidade que se passa no hospital e algumas destas pessoas vão ajudando Adam a entender um pouco mais sobre o que está acontecendo, mostrando que talvez ele esteja correndo perigo e nem sabe.


“― Adam! Você precisa se lembrar e se recuperar! ― gritou a enfermeira, enquanto o homem injetava uma seringa em seu pescoço ― Você precisa fugir daqui... ― foram as últimas que ela conseguiu dizer, antes de apagar.”

No decorrer da história, alguns personagens começam a ser desmascarados, mas como distinguir o que é realidade do que pode ser apenas um sonho? Neste livro o autor nos insere dentro destes dois mundos juntos com Adam e nos vemos com as mesmas dúvidas que ele ao longo da narrativa, e por mais que eu tenha tentado descobrir a verdade por trás de tudo que se passava eu não consegui e isso é o que torna esta história tão eletrizante e nos deixa curiosos do início ao fim.

Roger é um personagem que me deixou intrigada desde o início, afinal, o fato dele aparentemente saber mais daquele mundo de casulos do que Adam, o torna um personagem bem desconfiável, e suas ações no decorrer da história me deixou mais intrigada ainda com este personagem. Mas neste mundo de casulos não é apenas Roger que nos chama atenção, algumas criaturas peculiares também vivem ali e fiquei tão curiosa quanto Adam para descobrir mais sobre elas.

A narrativa é fluida e intrigante, e mesmo contendo poucas páginas o autor consegue trazer muitas informações importantes ao longo da história que são bem desenvolvidas, instigando a curiosidade do leitor e nos prendendo ainda mais nesta história cheia de mistério e ação.

Qual será a verdade? O que é apenas um sonho e o que é realidade? Nesta história devemos ficar atentos a cada detalhe junto com o protagonista e quem sabe sair deste pesadelo nos próximos livros!

Beijos!